Curiosidades

Amor separado pela guerra volta a encontrar-se 75 anos depois

O norte-americano K.T. Robbins e a francesa Jeannine Ganaye apaixonaram-se em 1944. O amor não foi longe, uma vez que o militar norte-americano foi convocado para a guerra.

O romance aconteceu quando Robbins e o seu pelotão fizeram uma paragem na região francesa de Meurthe-et-Moselle, tinha a mulher 18 anos. Dois meses depois, os dois foram obrigados a separar-se quando a guerra espoletou e o militar foi chamado a defender o seu país.

Robbins terá prometido que voltaria. Mas isso não aconteceu.

Depois da guerra regressou ao seu país natal, onde se casou e formou família. No entanto, confessou em entrevista à imprensa francesa que manteve sempre o desejo de regressar a França e saber como estava a sua paixão de juventude, embora acreditasse que já não fosse viva.

Mas estava enganado. Depois de conhecer a história, uma equipa de investigação de jornalistas conseguiu encontrar Jeannine, que vive atualmente num lar, e decidiu juntar os dois nas cerimónias de celebração do Dia D, do Desembarque na Normandia.

O encontro, proporcionado pela France 2, aconteceu no lar onde a mulher de 92 anos vive agora. Estando os dois viúvos, o homem não hesitou em declarar: “Ainda te amo”. Palavras que a mulher diz conseguir perceber porque depois de Robbins ter ido para a guerra empenhou-se em aprender inglês, para o dia em que ele regressasse.

No final do momento emocionante, os dois prometeram arranjar uma forma de voltar a encontrar-se.

Notícia ao Minuto

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button