Homem que caminhava 10h para trabalhar ganha surpresa dos colegas

Quando o restaurante Ruby Tuesday’s em que Kevan Finley trabalhava fechou, ele ficou desnorteado. Depois de muito procurar, o homem de 30 anos conseguiu uma vaga a 14 quilômetros de distância de sua casa.

Só que tinha um problema, Kevan não tem carro e nem teria condições de pagar o transporte público. Desde então, ele caminhava praticamente 10 horas por dia para fazer a viagem de 28 quilômetros entre sua casa e seu trabalho seis dias por semana.

Mesmo assim, ele não reclamava de sua dura rotina e mantinha uma atitude positiva apesar das circunstâncias. Tanto que seus colegas em Mentor, nos Estados Unidos,  só descobriram sua saga diária três meses após sua contratação.

Depois da descoberta, seus colegas começaram a se revezar para levá-lo para casa enquanto secretamente tentando levantar dinheiro através de uma campanha via internet no site Go Fund Me para comprar um carro para o cozinheiro. E o resultado veio em apenas 17 dias. A “vaquinha” digital conseguiu arrecadar US$ 8 mil para o dedicado funcionário.

Kevan já fez aulas de direção, contudo ainda precisa passar pela prova para obter sua carteira de motorista. Ele tem planos de comprar um caminhão com seguro e pôr algum dinheiro na poupança para realizar possíveis reparos no veículo no futuro caso necessário, além de dar carona para amigos que vivem na vizinhança e também moram longe do trabalho.

Com informações da rede de tv WKYC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *