Curiosidades

Como Seriam Os Seres Humanos Se Eles Nascessem Em Marte?

Não é de hoje que os seres humanos sonham em colonizar o planeta vermelho, e consequentemente, se isso acontecesse, algumas pessoas iam nascer lá, certo? Bom, a NASA já deixa claro que as crianças nascidas em Marte, seriam mais altas do que os humanos nascidos da Terra, e fazer uma visita aos parentes distantes aqui na Terra não seria possível.

Pelo fato de aqui na Terra a gente estar constantemente submetido à força da gravidade, em Marte isso não aconteceria. Segundo o engenheiro aeroespacial Robert Zubrin, os humanos marcianos iriam crescer alguns centímetros a mais do que na Terra, já que em Marte a gravidade corresponde a um terço da nossa. Mesmo com algumas mudanças, como da gravidade, ele garante que os genes herdados não iriam mudar, porém, a nossa coluna iria alongar mais do que na Terra por causa do menor grau de atração que o corpo sofreria.

O que não ia ser fácil seria fazer com que as pessoas naturais de Marte viessem a Terra, pois teriam sérios problemas. Lidar com a gravidade três vezes maior do que seu planeta natal seria complicado, isso poderia fazer com que trouxesse problemas até para seus ossos. “Se a pessoa mudasse para um planeta com gravidade três vezes maior, como numa mudança de Marte para a Terra, ela passaria a pesar 226 quilosa mais e teria dificuldades de se levantar da cama”, explica Robert Zubrin.

Especialistas já trabalham para tornar possível a gravidade artificial para deixar as longas viagens pelo espaço mais “confortáveis” para a estrutura humana. A NASA diz que a maioria dos astronautas cresce cerca de cinco centímetros enquanto estão no espaço pelo fato da gravidade reduzida fazer com que o fluído entre as vértebras se expanda.

Mas e aí, vocês acham que um dia será possível ter seres humanos nascidos em Marte? Comentem!

Fonte: Factos Desconhecidos

Tags
Mostrar Mais

Ernesto

Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button