Connect with us

Curiosidades

O que acontece quando você acorda um sonâmbulo?

Publicado

em

Na antiguidade, acreditava-se que a alma ficava separada do corpo enquanto dormíamos. Por esta razão, o ato aparentemente simples de acordar um sonâmbulo poderia romper o vínculo frágil entre alma e corpo e deixar o sonambulista em estado vegetativo para o resto de sua vida terrena.

Com o advento da ciência e sua evolução subsequente, os estudiosos especularam sobre se os efeitos seriam tão drásticos ou se, em vez disso, eles iriam reduzir a morte de um ataque cardíaco ou permanecerem em dano cerebral de gravidade diferente. Felizmente, o tempo mostrou que nenhuma dessas teorias estava correta.

Hoje em dia, sabemos que o único perigo que existe é a reação do sonâmbulo ao acordar, que devido ao susto ou à confusão pode causar danos a quem desperta ou a si mesmo. Como diz o Dr. Giuseppe Plazzi (Universidade de Bolonha), o perigo é ainda maior se for uma pessoa forte e vigorosa, por isso é altamente recomendável deixar o sonâmbulo quieto ou tentar orientá-lo de volta à cama, mas tenha cuidado para não se machucar. Como ocorre durante a fase de sono lento, pode ser difícil despertá-los.

A reação de um sonâmbulo quando despertado não é diferente quando acordamos ao ouvir um barulho alto, todos se assustamos, mas isso não causa um ataque cardíaco.

sonâmbulo caminhando no telhado

O sonambulismo é mais comum nas idades iniciais, e é normal ocorrer pelo menos uma vez em 30% das crianças entre as idades de 5 e 12 e aproximadamente 2% dos adultos. Pelo menos uma em cada 250 pessoas na vida adulta, caminham pela casa durante uma vez por semana.

Por outro lado, aparentemente o sonambulismo é hereditário, e acredita-se que fatores como estresse, álcool e drogas podem estar desencadeando estes elementos.

Continue Lendo
Advertisement
Clique Para Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Curiosidades

Angelina Jolie revela que se tornou actriz apenas para ajudar a mãe a pagar as contas

Publicado

em

Enfrentar as câmaras nunca foi o grande desejo da actriz, mas, na época, a mãe precisava de ajuda com as despesas de casa, daí a necessidade de Angelina Jolie procurar um emprego com proposta salarial aceitável, por coincidência, o mundo dos cinemas era o ideal para a sua estratégia, mesmo não sendo o que sempre quis para a sua vida.

 Angelina Jolie3Numa entrevista concedida ao The Hollywood Reporter, Angelina Jolie, contou que ser actriz não era o seu grande sonho, mesmo sem revelar o que realmente gostaria de ser, a actriz fez saber que a falta de condições financeira, fez com que as pessoas a insistissem a enveredar para este mundo, e hodiernamente não se arrepende, pois, garante estar bem resolvida quanto a sua vida.

“Há muito na minha natureza que não se coaduna com a representação. Sou muito feliz por ser única – sou muito sortuda e afortunada… Acho que quando comecei a representar acabou por ter significado no final. Era um emprego e queria ajudar a minha mãe a pagar as contas. Era um trabalho criativo, algo em que podias explorar épocas diferentes da história, pessoas diferentes, diferentes lados teus, aprender diferentes competências”, explicou.

Recorde-se que recentemente Angelina Jolie, tentou evitar o divórcio com o também actor Brad Pitt, pois, lhe custaria muito dinheiro, na sequência dos acontecimentos escreveu o filme ‘By The Sea’, no qual escolheu contracenar com Brad Pitt, de modo a reacender a chama, mas não obteve sucesso, segundo a media internacional.

Por: Garcia Alberto.

Continue Lendo

Trending