Dicas e Guias

Jornalista faz alerta sobre perigos do Facebook

O Facebook ajuda a disseminar a desinformação capaz de manipular e manchar a conduta e o bom nome de muitos cidadãos, afirmou ontem, em Luanda, a directora executiva do “Diário de Notícias” de Portugal.

Catarina Carvalho, directora executiva do Dário de Notícias
Fotografia: Agostinho Narciso | Edições Novembro

“Os jornalistas não devem abandonar o Facebook. Apenas devem usá-lo de forma inteligente, por também constituir-se numa fonte de informação como outra qualquer”, afirmou Catarina Carvalho, na conferência sobre ‘fake news’ e desinformação”, testemunhada pelo secretário de Estado da Comunicação Social, Celso Malavoloneke. Catarina Carvalho, que falava a jornalistas de vários órgãos de comunicação social estatais e privados, incluindo directores dos gabinetes de comunicação e imagem de várias instituições, afirmou que a informação criada apenas com o propósito de manipular eleições, Estados, e sociedades têm uma maior dimensão quando é espalhada nas redes sociais e, digitalmente, na internet.
A jornalista apontou, a propósito, o exemplo do que aconteceu nos Estados Unidos da América e no Brasil, nos quais não se saberia qual seria o resultado das eleições se não houvesse uma grande participação de notícias falsas.
“O que tanto se sabe é que nos Estados Unidos da América a proporção de notícias falsas em relação às verdadeiras que foram difundidas é de um para um. As pessoas viam tanto as notícias falsas como as verdadeiras e deixaram de saber em que podiam acreditar”, lembrou.
Segundo Catarina Carvalho, as notícias falsas espalham-se de forma fácil porque a forma de funcionamento do Facebook e das redes sociais permite que a escolha das informações seja feita através daquilo que emocionalmente é mais interessante para as pessoas. A jornalista disse desconhecer exemplos de notícias do tipo em Angola, por estar a poucos dias a trabalhar em Angola.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button