Dalila Prata fala sobre criação do Semana Rosa Angola: “É sempre bom ajudar quem sofre de câncer”

 

Dalila Prata, uma das fundadoras da Associação Filantrópica denominada “Viver Vencer”, e também membro da Associação Semana Rosa, que visa apoiar pessoas com cancro, falou em conversa  à propósito desta jornada que já dura cerca de seis anos.

Para início de conversa, a apresentadora da TPA fez saber que a Associação Semana Rosa é um projecto de conscientização que visa fazer entrega de donativos ao Instituto de Oncologia, o único com especialistas em cancro no país.

“Criamos a Semana Rosa Angola, que é uma semana de consciencialização, em que durante o todo o mês de Outubro realizamos diversas actividades e encerramos no dia 31, com a entrega de doações ao Instituto de Oncologia. Temos feito muitas lives na página. Infelizmente, por conta da pandemia do novo coronavírus, não teremos a nossa habitual gala, mas faremos um evento simbólico com as nossas guerreiras e patrocinadores”, disse.

Dalila Prata, que sempre fez associativismo, porém com maior relevância após perder a sua progenitora numa luta contra o cancro da mama, garante que ter vivido a situação de uma forma mais emotiva fez com que percebesse mais de perto as debilidades do instituto.

“É uma situação difícil para os pacientes que vivem com esta doença, então essa vontade de ajudar é maior. Nós já trabalhamos com o Instituto desde 2014, e uma das nossas maiores preocupações é inserir na sociedade as mulheres que passam pelo processo da luta contra o cancro, muitas são abandonadas pelos maridos porque ainda vivem com a ideia de que o cancro é contagioso, então tem sido um trabalho de apoio psicológico e beneficente que tem tido um feedback positivo.”

  • Adicione seu comentário