Geral

Imprensa mundial elogia João Lourenço

A agência de informação financeira Bloomberg e a revista The Economist publicaram, nos últimos dias, artigos que elogiam a presidência de João Lourenço, que assumiu as funções a 26 de Setembro, destacando o ímpeto reformista, mas sem esconder as dificuldades.

Reformas em curso ecoam na imprensa mundial
Fotografia: Francisco Bernardo | Edições Novembro

“Tão depressa depois de chegar ao cargo, João Lourenço começou forte”, lê-se no artigo da revista britânica The Economist, que dá voz a vários académicos para comprovar o simbolismo das mudanças.
Como exemplo de mudanças simbólicas, a Economist escreve: “dizem que a comitiva presidencial agora pára nos semáforos vermelhos e João Lourenço foi visto numa fila para o KFC, uma cadeia de ‘fast-food’”.
Num país “onde os ricos e os poderosos têm estado acima da lei durante anos, pequenos gestos como estes têm um grande significado”, escreve a Economist.
De acordo com o mesmo artigo, os mercados também parecem ter aprovado as acções da presidência de João Lourenço.  “Ele só liderou Angola por um par de meses, mas os investidores em títulos já gostam do que estão a ver de João Lourenço”, escreve a Bloomberg, num artigo em que mostra que a dívida soberana angolana é a mais rentável de entre 70 países emergentes.

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Leia também

Close
Back to top button