Com apenas 14 anos, Joshua Beckford pode se tornar no médico mais jovem do mundo

O fenómeno nigeriano Joshua Beckford é reconhecido internacionalmente em mais de 90 países por suas realizações na educação. E ele tem apenas 14 anos!
Diagnosticado com autismo, Joshua entrou para a Universidade de Oxford, com apenas 6 anos. As suas habilidades de aprendizado já renderam alguns prêmios, como o National Diversity Awards.
Aos dois anos, Joshua aprendeu a falar e aos 3, já dominava o japonês. Quando completou 6 anos, conseguiu uma vaga na Universidade de Oxford onde fez um curso de Filosofia e História.
Ele ainda recebeu um certificado de excelência após obter distinções em todos os seus cursos que faziam parte de uma plataforma de aprendizado online para crianças superdotadas.
O autismo de Joshua é de alto funcionamento. Isso significa que ele tem mais facilidade de interagir com as pessoas. Ainda assim, o pai do garoto conta que ele tem uma hipersensibilidade, sintoma comum do distúrbio. “Ele não gosta de barulhos altos, sempre anda na ponta dos pés e sempre come do mesmo prato, usando os mesmos talheres e bebe da mesma xícara“.
Joshua já foi convidado para dar diversas palestras. Ele gosta muito de falar sobre a anatomia humana e já discursou para 3 mil pessoas, em uma TEDx Talk.
Ele quer ser médico e mudar o mundo.
Com apenas 14 anos, Joshua Beckford pode se tornar no médico mais jovem do mundo
“Eu quero salvar a terra. Quero mudar o mundo e mudar as ideias das pessoas para fazer as coisas certas sobre a Terra”. É isso que Joshua sempre responde quando perguntam sobre o futuro dele.
O garoto quer ser neurocirurgião e gerar mais acessibilidade para populações mais carentes.
Joshua é descrito como “um dos meninos mais brilhantes do mundo” e o seu nome está entre as 30 pessoas com autismo mais notáveis ​​do mundo que causaram impacto na sociedade.
A gente só morre de orgulho de conhecer histórias como a do Joshua! Torcemos para ele realizar todas as conquistas que sonha e poder ajudar muitas pessoas!
Abaixo podes ver e ouvir umas das entrevistas dadas por Joshua Beckford, no TEDx:
  • Adicione seu comentário