Estados Unidos vão voltar a executar uma mulher após 67 anos

Os Estados Unidos vão executar mais duas pessoas este ano, sendo uma delas uma mulher, algo que não acontecia há 67 anos, desde 1953.
A execução de Lisa Montgomery, que foi condenada à pena capital por ter estrangulado uma grávida e roubado o seu bebé em 2004, está agendada para o dia 8 de dezembro. De acordo com o Departamento de Justiça norte-americano, Lisa Montgmery receberá uma injeção letal, numa penitenciária em Indiana, cita o The Guardian e a CNN.
A última mulher a ser executada pelo governo norte-americano foi Bonnie Brown Heady, em dezembro de 1953, por sequestro e assassinato.
A execução de Montgomery será a oitava do Departamento de Justiça este ano. A nona execução será a de Brandon Bernard, que foi condenado pelo assassinato de dois jovens sacerdotes, no Texas, em 1999. A execução por injeção letal está marcada para 10 de dezembro.
As execuções de pessoas condenadas à pena de morte por tribunais federais foram retomadas em 13 de julho nos Estados Unidos, depois de 17 anos de interrupção.
  • Adicione seu comentário