A médica obstetra e ginecologista Tamika Cross passou por momentos quando embarcou em um vôo de Detroit para Houston, nos Estados Unidos. Segundo contou a americana no Facebook, durante a viagem um passageiro passou mal  e ela foi impedida de ajudá-lo pela tripulação que não acreditou que Tamika fosse de fato médica