Angola

Acionistas aprovaram Relatório referente ao exercício de 2018, indica nota do BPC

O Banco de Poupança e Crédito considera infuntada a notícia publicada pelo Club-K.net na sua edição de 3 de Março de 2019 na qual, e referida a recondução do PCA do BPC até 2021.

Fonte: BPC

Assim, usando o Direito de Resposta previsto por Lei temos a esclarecer que aos vinte e cinco dias do mês de Abril de 2019, reuniu em Luanda, a Assembleia Geral de Accionistas do Banco de Poupança e Crédito que analisou e aprovou o Relatório e Contas do Banco, referente ao exercício de 2018.

Na Assembleia Geral não constou da Ordem de Trabalhos aprovada qualquer ponto sobre os Órgãos Sociais, conforme Comunicado de Imprensa divulgado e que anexamos.

COMUNICADO DE IMPRENSA

Aos vinte e cinco dias do mês de Abril de 2019, reuniu em Luanda, a Assembleia Geral de Accionistas do Banco de Poupança e Crédito (BPC), para entre outros assuntos, analisar e aprovar o Relatório e Contas do Banco, referente ao exercício de 2018.

No Relatório e Contas de 2018 do BPC, aprovado pelos Accionistas, há a destacar os seguintes aspectos:

• A implementação de acções, no âmbito do Plano de Recapitalização e Reestruturação, com vista a melhoria da qualidade da carteira de crédito, a optimização da rede comercial, a redução dos custos operacionais, a reorganização dos processos internos e a melhoria dos níveis de controlo da actividade do Banco.

• O crescimento dos Depósitos de Clientes em 20,2%, que combinado com a transferência para a RECREDIT de créditos no montante de 298mM de Kwanzas (Duzentos e noventa e oito mil milhões), permitiu reduzir o rácio de crédito sobre depósitos de 129,9%, em Dezembro de 2017, para 95,2%, em Dezembro de 2018.

• O aumento do Produto Bancário de 46,7mM de Kwanzas (Quarenta e seis mil milhões e setecentos milhões de kwanzas), 91,8%, e a redução dos Custos Operacionais de 13,3mM de Kwanzas (Treze mil milhões e trezentos milhões de kwanzas), 16,7%, permitiram melhorar o Resultado Operacional, passando de um valor negativo de 28,8mM de Kwanzas (Vinte e oito mil milhões e oitocentos milhões de kwanzas) em 2017, para um valor positivo de 31,2mM de Kwanzas (Trinta e um mil milhões e duzentos milhões de kwanzas) em 2018.

• O Resultado Líquido negativo do Banco, de 26,9mM de Kwanzas (Vinte e seis mil milhões e novecentos milhões de kwanzas), revela uma clara melhoria em relação ao prejuízo líquido de 73,1mM de Kwanzas (Setenta e três mil milhões e cem milhões de kwanzas) registado em 2017, apesar de um aumento significativo de provisões para créditos concedidos nos anos anteriores.

• O início da implementação do Programa de Modernização dos Sistemas de Informação (PMSI), com o objectivo de criar uma plataforma informática que permita o crescimento sustentável do Banco, com capacidade de gerar benefícios e facilidades para os clientes, oferecendo produtos e serviços inovadores.

• Durante o ano de 2018 os serviços do Banco estiveram mais próximos dos clientes com o lançamento oficial dos produtos da linha de financiamento do BAD com o objectivo primordial de apoiar a implementação de programas dirigidos e focados sobretudo no sector produtivo. Foi retomado o processo de concessão do crédito a particulares, com o produto de curto prazo denominado BPC Salário, em condições atractivas para os nossos clientes.

Em 2019, o Conselho de Administração continuará a tomar as medidas necessárias para assegurar a melhoria da rentabilidade e o crescimento sustentável do Banco, mantendo o foco na melhoria dos processos de gestão dos riscos e de controlo interno, na optimização dos custos operacionais, no reforço das competências do Capital Humano, na dinamização da actividade comercial e na melhoria do serviço ao Cliente.

BPC – Cuidar do Presente, assegurar o futuro.

BANCO DE POUPANÇA E CRÉDITO
DIRECÇÃO DE MARKETING E IMAGEM

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button