AngolaDestaque

Angola assume hoje a vice-presidência da Conferência Internacional do Trabalho (CIT)

Angola assume, a partir de hoje, a vice-presidência da 108ª sessão da Conferência Internacional do Trabalho (CIT), que este ano marca as comemorações dos 100 anos da Organização Internacional do Trabalho (OIT), indica uma nota da Missão Permanente do país junto das Nações Unidas em Genebra.

Angola assume hoje a vice-presidência
Angola assume hoje a vice-presidência

Representante junto do Escritório da ONU em Genebra
Fotografia: DR

A 108ª sessão da Conferência Internacional do Trabalho (CIT), que começa hoje no Palácio das Nações, em Genebra, Suíça, é o órgão máximo de decisão da OIT, destinada a regulamentar, fiscalizar, estudar e avaliar as relações de trabalho existentes em todo o mundo.
O evento comporta dois segmentos de Alto Nível e conta com a presença de mais de 50 Chefes de Estado e de Governo, incluindo o Secretário-Geral da ONU, António Guterres, e a presidente da 73ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, a equatoriana Maria Fernanda Espinosa.
A vice-presidência de Angola é assumida pela representante permanente de Angola junto do Escritório das Nações Unidas e demais Organizações Internacionais em Genebra, Margarida Rosa da Silva Izata, que teve o apoio consensual do grupo africano, que endossou a sua candidatura durante a 3ª Reunião do Comité Técnico dos Ministros do Trabalho, realizado em Abril, em Addis Abeba, Etiópia.
Designada também “Conferência do Centenário”, a 108ª Sessão da CIT reúne, entre outros actores internacionais e observadores, 187delegações tripartidas dos Estados-membros da Organização Internacional do Trabalho, para analisar os mais variados problemas que afectam a organização, com particular destaque para a justiça social, e traçar novos desafios para uma globalização condigna.
A OIT celebra o centenário num momento em que o mundo do trabalho atravessa mudanças profundas, impulsionadas por inovações tecnológicas, oscilações demográficas, alterações climáticas e globalização, que colocam em questão a própria natureza e o futuro do trabalho, bem como o lugar que as pessoas ocupam no mundo moderno e a sua própria dignidade.
Para participar no evento, estão em Genebra delegações tripartidas dos 187 Estados membros, que incluem representantes dos Governos, associações de empregadores e de trabalhadores. Angola faz-se representar por altos funcionários dos Ministérios da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS) e das Relações Exteriores (MIREX), além de diplomatas especializados da Representação Permanente de Angola em Genebra.
O ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Jesus Maiato, e o secretário de Estado do Trabalho e Segurança Social, Manuel Jesus Moreira, chegam a Genebra no próximo dia 16 para participarem do 2º Segmento de “Alto Nível” do centenário da organização, da qual farão igualmente parte os chefes das delegações da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), com destaque para o Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa.
A OIT é uma instituição multilateral das Nações Unidas, especializada nas questões do trabalho, fundamentalmente no que se refere ao cumprimento das normas, convenções e recomendações internacionais. Tem por missão promover oportunidades para que homens e mulheres possam ter acesso a um trabalho decente e produtivo, em condições de liberdade, equidade, segurança e dignidades humanas, sendo considerado condição fundamental para a superação da pobreza, redução das desigualdades sociais, garantia da governabilidade democrática e desenvolvimento sustentável.

JA

Tags
Mostrar Mais

Ernesto

Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button