Armindo César nega falência da Maboque

É com alguma apreensão que a Maboque teve conhecimento através da redes sociais de uma notícia propalando uma suposta falência da empresa que dirijo e do não pagamento dos salários dos seus trabalhadores. Efectivamente, temos o bom senso de reconhecer que estamos a atravessar um período muito difícil tal como a maioria das empresas em Angola, tanto privadas como estatais. Isso não é novidade para ninguém!

Fonte: Facebook

Armindo César nega falência da Maboque
Armindo César nega falência da Maboque

O contexto actual da nossa economia está a exigir muitos sacrifícios às empresas, principalmente por ter diminuído significativamente o poder de compra da população. É na tentativa de tentar reequilibrar as nossas contas e a estrutura de custos da empresa, que decidirmos efectuar alguns reajustamentos na estrutura organizacional da empresa, adaptando-á ao novo contexto, sem que para o efeito efectuássemos muitos despedimentos que comprometessem a estabilidade social dos nossos trabalhadores. Infelizmente, como o azar não vem só, nos últimos meses, tenho estado em tratamento médico no exterior do país, o que também tem afectado todo esse processo de reformas.

Estou em crer, que melhores dias virão e, acreditamos que a Maboque tem suficientes activos para brevemente reiniciar um processo de retoma de todo o seu potencial ao mais alto nível, com o esforço de todos os seus trabalhadores. Também, aqui vai um voto de confiança nas reformas macro económicas em curso.

Acreditamos, que o estado assumirá todas as suas responsabilidades no pagamento das suas dívidas, e lutará para criar em breve, um ambiente de negócios, que propicie, aos empresários, no curto prazo, uma contribuição significativa no progresso e no desenvolvimento económico da nova Angola.

O Presidente da Maboque

Armindo César Sibingo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *