Angola

CARIDADEZINHA SAPRÓFITA

As notícias dizem que Norberto Garcia foi inocentado das acusações que caíram sobre ele, como um raio, que não o partiu, de corrupção. Já não é novidade ouvir falar nestes resultados obtidos nos tribunais do MPLA quando julgam “digerentes” do MPLA. Não queremos com isto dizer que a decisão não tenha sido justa, nem o contrário. Todavia, sabemos que as decisões dos tribunais do MPLA são muito dúbias e a justiça do MPLA é demasiado cega, quando não quer ver.

CARIDADEZINHA SAPRÓFITA
CARIDADEZINHA SAPRÓFITA

Por Domingos Kambunji

Atragicomédia não reside no facto de terem acusado o Norberto. Esse drama, bastante cómico, tem o seu clímax com a absolvição de alguém que trepou na carreira política como protegido e protegendo e aplaudindo o Reigime Cleptocrático do MPLA, instalado como um parasita, de volumosa corpulência, na sociedade angolana há mais de quatro décadas.

Alguém que foi cúmplice no pecado agora diz que está a pensar ser pastor. O lobo cansou-se de ser carnívoro e agora resolveu mudar de profissão? Será que depois de andar a pregar contra os “infiéis”, defensores da democracia, agora o Norberto pretende guiar as almas para o universo da estupidez? Dizem que, em muitos casos, a religião é um bom negócio para manipular as mentes de pessoas com atrasos no desenvolvimento mental e social. Será que o Norberto está a vislumbrar um nicho de mercado que lhe permita enriquecer mais rapidamente como “pastor das almas” do que como “digerente” do MPLA?

A hipocrisia é tanta e tão exagerada que, por falsa modéstia, o Norberto diz prescindir da indemnização, por ter sido falsamente acusado, para que com esse dinheiro se construa um mercado para as zungueiras, evitando assim mais fuzilamentos pela “pulhícia” do MPLA, como foi o caso da Juliana Cafrique, se dê mais medicamentos aos hospitais e se construam escolas mais condignas.

Norberto, para que tudo isso acontecesse seria necessário que o governo da Reipública da Angola do MPLA deixasse de dar tanta prioridade ao Ministério da Guerra e olhasse um pouco melhor para a Saúde e para a Educação. O Norberto sempre apoiou os governos do MPLA que deram e dão a máxima atenção e dedicam a máxima prioridade ao Ministério da Guerra. Como é que o Norberto se converteu a este altruísmo tão oportunista como os discursos demagógicos do Presidente da Reipública, da sua Casa Civil e do Ministério da Propaganda e Educação Patriótica do João de Melo e do Celso “Malovomoleke”? Foi vacinado contra a raiva e o ódio durante o período em que esteve a ser investigado criminalmente?

É estranho que Norberto Garcia pense que deveria ter direito a uma indemnização de muitos, muitíssimos, biliões de kwanzas, apenas porque foi acusado, (os tribunais do MPLA dizem que foi injustamente) da prática de corrupção, uma actividade desavergonhadamente habitual dos principais “digerentes” do MPLA, que, quase todos eles, gozam de imunidade cleptocrática.

Como é que a simples detenção do Norberto Garcia daria direito a uma indemnização tão avultada, suficiente para construir um mercado para zungueiras, abastecer os hospitais com medicamentos e construir escolas, se as vítimas do 27 de Maio nada receberam. Como é que a detenção do Norberto Garcia é considerada uma violência tão exagerada se os fuzilamentos de muitas dezenas de milhar de angolanos, no 27 de Maio de 1977, são consideradas pelo governo do MPLA apenas como “excessos cometidos”? Nenhum dos cúmplices por essa carnificina se sentou no banco dos réus nos tribunais da Reipública da Angola do MPLA!

Como é que a simples detenção do Norberto Garcia daria direito a uma indemnização tão avultada, suficiente para construir um mercado para zungueiras, abastecer os hospitais com medicamentos e construir escolas, se o fuzilamento de cidadãos inocentes pela “Pulhícia” Nacional, nas Lundas e em outras províncias, apenas dá direito a um caixão, sacos de fuba e feijão, garrafões de óleo vegetal, garrafões de vinho?…

Como é que a simples detenção do Norberto Garcia daria direito a uma indemnização tão avultada, suficiente para construir um mercado para zungueiras, abastecer os hospitais com medicamentos e construir escolas, se a vida da criança Rufino António, fuzilado por kapangas do MPLA, valeu nada?

Como é que a simples detenção do Norberto Garcia daria direito a uma indemnização tão avultada, suficiente para construir um Mmercado para zungueiras, abastecer os hospitais com medicamentos e construir escolas, se o fuzilamento do jovem adulto Ganga, por kapangas do MPLA, apenas porque estava a fazer campanha por um partido da oposição, não mereceu a atenção da “Porcariadoria-Geral da Reipública” e dos “digerentes” dos tribunais do MPLA?

Como é que a simples detenção do Norberto Garcia daria direito a uma indemnização tão avultada, suficiente para construir um mercado para zungueiras, abastecer os hospitais com medicamentos e construir escolas, se a morte de milhares de angolanos devido à fome e epidemias, por negligência do Reigime Cleptocrático do MPLA não mereceu qualquer atenção ou remorsos?

Norberto Garcia tem mais valor de que os cidadãos pobres do nosso país? Uma arranhadela no Norberto deverá merecer uma maior indemnização do que o fuzilamento de cidadãos inocentes, pelas balas dos cangaceiros que protegem os Senhores da Guerra do Reigime Cleptocrático do MPLA, do que o Norberto Garcia é cúmplice?

Norberto, ganha juízo e deixa de te refugiares e saprofitar a caridadezinha escatológica!

JornaF8

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button