AngolaDestaque

Condenação a Motoristas por tentativa de suborno

O Tribunal de Polícia condenou ontem, em Luanda, a 30 dias de prisão, convertida no pagamento de  multa de 50 mil kwanzas, dois automobilistas por tentativa de suborno a agentes reguladores de trânsito e um por desacato à autoridade.

A informação foi avançada ontem ao Jornal de Angola  pelo subinspector Auler Matari, oficial de informação do Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional, que disse estarem os julgados num rol de 14 pessoas detidas, sendo sete por condução sob efeito de álcool, dois por tentativa de suborno, dois por desacato à autoridade e três por poluição sonora.
A Polícia registou 18 acidentes de viação, que provocaram a morte a cinco pessoas, ferimento em 25 e danos materiais avaliados em mais de nove milhões de kwanzas. Na origem dos acidentes estiveram a negligência, o excesso de velocidade, o consumo de álcool e a distracção.
A Brigada Especial de Trânsito passou 523 multas por infracções ao Código de Estrada e apreendeu 33 viaturas e 304 motorizadas.
O subinspector Auler Matari informou que, em relação ao combate à criminalidade, foram detidos 106 presumíveis autores de crimes que chegaram ao conhecimento da Polícia e apreendidas dez armas de fogo, três quilogramas de droga  e quatro viaturas. O Serviço de Emergência Policial, com o número 113, registou 242 telefonemas, disse Auler Matari, que pediu aos cidadãos para denunciarem supostos criminosos, uma vez que “o planeamento operacional da Polícia é feita com base nas denúncias de crimes efectuados”. Em seu entender, mais vale o cidadão consentir o sacrifício de ir até a uma esquadra ou a um posto policial e fazer uma denúncia, permitindo que os marginais sejam punidos pelos crimes cometidos.
Também por telefone o porta-voz em Luanda do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, Faustino Minguês, disse que foram registadas sete ocorrências, menos duas em relação ao período anterior. Uma das ocorrências tem a ver com uma mulher de 34 anos, encontrada morta no interior da moradia em que vivia, no bairro Hoji ya Henda. Outras ocorrências são casos pré-hospitalares, envolvendo vítimas de acidentes de viação e de várias patologias, encaminhados para unidades sanitárias públicas e privadas, por ambulância do Serviço de Emergência  Médica de Angola.
Os bombeiros extinguiram três incêndios, sendo dois de origem criminosa e um causado por curto-circuito, ocorridos no distrito da Maianga e no município de Viana, estancaram um derrame de combustível na estrada da Calemba II, causado por duas viaturas em mau estado técnico, e desencravaram uma porta na Centralidade do Kilamba.

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button