Angola

Governo financia contenção de ravinas

O Governo emprega perto de 164,2 milhões de Kwanzas em obras de contenção das quatro ravinas em Maquela do Zombo, 293 quilómetros a norte da cidade do Uíge, sendo o terceiro município que beneficia este mês de verbas para empreitadas do género.

Governo financia contenção de ravinas
Governo financia contenção de ravinas

Fundos públicos travam avanço das ravinas no Uíge
Fotografia: DR

O valor foi anunciado pelo chefe do Departamento de Aproveitamento Hidráulico e Obras Marítimas do Ministério da Construção e Obras Públicas, na terça-feira, durante o acto de consignação da empreitada à construtora Aerovia, que garante a conclusão da obra em nove meses.
Segundo André João António, os trabalhos enquadram-se no Programa de Emergência do Executivo virado à contenção urgente da progressão de 23 ravinas críticas no país, no qual o Uíge tem três municípios inseridos.
Tais ravinas situam-se nas aldeias Ndambila, Quibocolo, Tedi e Quimalonga, na estrada que liga a sede municipal à localidade de Quimbata, que limita a província do Uíge com a República Democrática do Congo (RDC), tendo as mesmas provocado a destruição de parte de uma faixa de rodagem da via.
A propósito, o administrador municipal-adjunto de Maquela do Zombo, António Lutetico, destacou a pronta intervenção do Ministério da Construção para a contenção das referidas ravinas, defendendo a necessidade da rápida conclusão das obras para a normal circulação das viaturas, pessoas e bens naquela importante via da região.
Já o director de Obras da Aerovia, Madaleno Manuel, reafirmou estarem criadas as condições materiais e humanas para se estancar as ravinas nos nove meses previstos e devolver a circulação normal na estrada.
“Temos as condições para começar os trabalhos”, prometeu o responsável no acto de consignação. A Angop apurou qoe estão catalogadas na província mais de 150 ravinas, 13 das quais foram já controladas, sendo os municípios de Sanza Pombo, Buengas, Quimbele, Maquela do Zombo, Púri e Milunga os mais afectados.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button