AngolaDestaque

Minint investe para emitir mais cartas de condução na Huíla

As dificuldades que a província da Huíla enfrenta na emissão de cartas de condução da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) podem ser ultrapassadas nos próximos meses, com a criação de condições técnicas no novo edifício do Comando Provincial da Polícia Nacional.

Minint investe para emitir mais cartas de condução na Huíla
Minint investe para emitir mais cartas de condução na Huíla

Huíla: Novo edifício do Comando provincial da Polícia Nacional

FOTO: MORAIS SILVA

Minint investe para emitir mais cartas de condução na Huíla
Minint investe para emitir mais cartas de condução na Huíla

HUÍLA TEM NOVO EDIFÍCIO DO COMANDO PROVINCIAL DA POLICIA NACIONAL

FOTO: PAULINO FRANCISCO

Segundo o secretário de Estado para o Asseguramento Técnico do Ministério do Interior (Minint), Salvador José Rodrigues, a carta de condução da SADC é emitida com limitações na região, constrangimento que deverá ser superado com o apetrechamento das novas instalações dos Serviços de Viação e Trânsito.

Salvador José Rodrigues afirmou que nesta altura falta o apetrechamento em meios técnicos dos Serviços de Viação e Trânsito na província, situação que espera ser ultrapassada dentro de dois meses.

Por altura do lançamento do Guiché de Atendimento da Direcção Provincial de Viação e Trânsito, em Dezembro de 2017, a previsão era que a Huíla emitisse em média 100 (cem) cartas de condução da SADC, por dia, e igual número de livretes.

Sobre o novo edifício do Comando Provincial da Polícia Nacional, por si inaugurado terça-feira (9), o secretário de Estado disse ser uma acção que visa criar condições para que a Polícia melhore o serviço que presta à sociedade.

Orçada em cinco milhões de dólares norte-americanos, o edifício de quatro andares foi construído no período de 2013 a 2015.

No acto de inauguração, que contou com a presença do governador provincial, Luís Nunes, o secretário de Estado para o Asseguramento Técnico do Ministério do Interior falou também sobre a da criminalidade na região, para quem a situação está sob o controlo da Polícia, tendo, no entanto, manifestado preocupação com os crimes relacionados com o tráfico e uso de drogas.

Durante a inauguração, do edifício construído no quadro do Programa de Investimentos Públicos (PIP), foram entregues 22 motorizadas e sete viaturas para a Unidade Operativa de Trânsito.

A nova infra-estrutura vai acomodar todos os órgãos da polícia, proporcionando melhores condições de trabalho para os efectivos e para todos os cidadãos que ocorrerem os serviços.

Angop

Tags
Mostrar Mais

Ernesto

Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button