Angola

Pedido de Socorro dos Trabalhadores do Porto de Luanda – João Paulo

Lembro-me como se fosse hoje, quando o actual conselho de administração do porto de luanda, tomou posse, com a saída do anterior, chefiado pelo mais velho Venâncio. Foi com grande festa que recebemos o novo Conselho de Administração, e nele depositamos todas nossas esperanças, por que afinal, eram um de nós. Vieram no nosso meio, trabalharam connosco, recebemos miúdos, e estávamos confortáveis e felizes por que nós revíamos neles.

Pedido de Socorro dos Trabalhadores do Porto de Luanda - João Paulo
Pedido de Socorro dos Trabalhadores do Porto de Luanda – João Paulo

A nossa alegria só não era maior do que a nossa ingenuidade por que tão logo tomaram posse, da lista de desejos verbal que gritamos alto e em bom som, apenas foram atendidos os desejos pessoais. Os nossos irmãos ficaram vaidosos, arrogantes, supersticiosos, e agora adoptaram uma nova estratégia, a da intimidação. Hoje no porto de luanda, o colaborador que ouse exteriorizar algum tipo de descontentamento, corre o risco de ser detido. Detido sim, por que os serviços de investigação criminal, SIC que estão no porto de luanda, parece mais um departamento do Porto de luanda, por que basta o Conselho de Administração apontar o dedo para alguém, que o SIC sai logo a correr, a prender para investigar, em vez de investigar para prender. Práticas totalmente contrarias a ética. Como é possível um PCA permitir e autorizar a detenção de um colaborador seu, dentro das instalações da empresa, como se de um assaltante de rua se tratasse?

São já vários os casos de detenção de colaboradores em plena empresa, aos olhos de todo mundo sobe as acusações mais absurdas. E como têm o SIC na mão, por que ganham salários e compras mensais, já não questionam as ordens. Até ficam à procura de motivos para intimidar as pessoas.

É uma pena a situação lastimável em que o porto de luanda se encontra. Uma empresa que tem de tudo para ser um grande impulsionador da economia nacional, mas vai sendo relegado cada vez mais para segundo plano, por causa da inaptidão dos seus gestores, que apenas olham para o próprio umbigo.

Todos os anos o porto de luanda compra carros de top de gama para as chefias, e o resto dos colaboradores são adormecidos com promessas e desculpas de que a situação financeira da empresa não está boa, e que a culpa é do momento que o país vive. O país e a situação financeira não estão bons para o resto dos colaboradores, mas para os membros do conselho parece estar muito bem.

É com muita tristeza e decepção que vemos uma empresa que tanto demos por ela, ser açambarcada por um grupo de gatunos. Todos membros do Conselho de Administração do porto de luanda, até os administradores não executivos, são uns sanguessugas, que olham para o porto apenas como um mealheiro. A empresa como empresa está em falência, e só não rebenta por conta de 1 ou 2 terminais.

Senhor presidente da república Sr. João Lourenço,

Sr. Ministro dos Transportes Sr. Ricardo de Abreu,

Sr. Secretário dos Transportes para Marinha Mercante, Sr. Cruz Lima,

O projecto que vocês têm para o porto de Luanda, nunca dará certo com essa gente que está na administração do porto, por que essa gente está toda viciada. Essa gente toda do tempo do antigo ministro gatuno, Augusto Tomás, estavam todos em sintonia com ele e não mudaram em nada com a prisão do A. Tomás, só melhoraram a forma de roubar e têm feito nas vossas barbas.

O Porto de Luanda precisa urgentemente de pessoas íntegras, limpas, responsáveis, comprometidas e visionárias, que tragam o porto de luanda para o século 21. Nós não queremos a substituição pela substituição. Queremos pessoas capazes e que se comprometam com o projecto do país.

Mais uma vez, foi com muita alegria que vimos o país mudar de presidente, e de ministro dos transportes, por que mais uma vez as nossas esperanças de ver uma mudança no rumo da empresa, se renovaram mas desejamos em dobro que essa nossa esperança não seja apenas ingenuidade.

João Paulo 

 

Fonte: Club-k.net

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button