AngolaSaúde

Rosa Bessa, nova Directora Adjunta dos Serviços de Saúde da Polícia

“A dedicação e o empenho fizeram de mim o que sou hoje”. É com estas palavras que, a actual Directora Nacional-Adjunta dos Serviços de Saúde da Polícia Nacional, Superintendente-Chefe – Rosa Bessa, respondeu quando confrontada com os vários questionamentos sobre a sua ascensão ao tão importante cargo que agora ocupa na Corporação.

Rosa Bessa, nova Directora Adjunta dos Serviços de Saúde da Polícia
Rosa Bessa, nova Directora Adjunta dos Serviços de Saúde da Polícia

Para muitos, a sua presença na Corporação pode ser uma novidade. Mas quem conhece a conceituada e respeitada Chefe de Serviço na medicina angolana, sabe que, em 1990, quando fazia o 6° ano de medicina pela Universidade Agostinho Neto, Rosa Bessa de Campos, foi seleccionada a partir de uma ordem do Chefe de Estado-Maior General das FAPLA, que orientava todos os finalistas que tivessem menos de 30 anos, a se alistar ao serviço militar, segundo conta.

“Em 1990, quando frequentava o estágio do 6° ano do Curso de Medicina na Universidade Agostinho Neto, eu e mais colegas fomos orientados a integrar as forças armadas, por sermos finalistas e menor de 30 anos. E sem qualquer receio, aceitamos aceitei”, contou a simpática Dra. Bessa.

Após terminar a formação militar em 1991, Rosa Campos foi colocada no Hospital Militar Principal, com a patente de 2° Tenente, onde ocupava o cargo de médica assistente.

Em Outubro de 1991, um grupo de recém-enquadrados às FAPLA, em que fazia parte, foi selecionado a fazer parte do quadro de pessoal da Polícia Nacional, pela carência de médicos especialistas.

Naquele período, e com a necessidade de se dinamizar os Centros de Saúde a nível da Polícia, a também Mestre em Gestão de Saúde teve passagem pelos postos de Saúde da Polícia de Cavalaria e Cinotecnia, UPD e UAT. Tendo sido, em 1992, destacada no Posto de Saúde da Polícia de Intervenção Rápida com a patente de Tenente.

“Na PIR, em 1992, tivemos a tarefa de organizar o Centro, com a ajuda do Dr. Volto Lima, que era o nosso Chefe. Mas, em 1995, com a ida do Dr. ao estrangeiro, assumimos o Departamento de Saúde. No mesmo ano, recebemos oficialmente a promoção para o grau de Intendente, a partir da ordem n°20 do Comandante Geral da PN”, contou a Directora-Adjunta à nossa equipa de reportagem.

Na sequência da nossa entrevista, aquela que para muitos é uma “paraquedista”, mas na verdade não contou que, após dois anos de Serviço na PIR, manifestou a intenção de progredir profissionalmente. Para tal, com a autorização da Direcção Nacional de Recursos Humanos, foi encaminhada à maternidade Augusto Ngangula, onde fez a especialidade de Ginecologia e Obstetrícia de 1999 a 2005.

“O trabalho em Comissão de Serviço pelo GPL”

A mulher de fácil trato contou ainda que, em 2006, o Governo da Província de Luanda requisitou-me para exercer o cargo de Directora da maternidade Augusto Ngangula, tendo tomado posse no dia 06 de Abril do mesmo ano.

Entretanto, no ano 2008, quando autorizada, oficialmente, a trabalhar em Comissão de Serviço, a agora Pós-graduada em Ginecologia e Obstetrícia foi promovida ao grau de Superintendente, a partir da ordem n° 55 do Ministro do Interior.

“Depois de se tornar oficial o meu trabalho em Comissão de Serviço, e posteriormente promovida, os meus ordenados deixaram de vir da Polícia e passaram a vir do GPL”, confidenciou a gestora de Saúde.

Após ser nomeada Directora de Saúde em Luanda, em 2012, e com a mudança do Estatuto Orgânico do GPL, teve outras nomeações e a promoção ao Posto de Superintendente-Chefe, em 7 de Agosto de 2017.

Terminado o trabalho em Comissão no GPL, Rosa Bessa volta agora à Polícia Nacional para dar todo o seu saber em prol da melhoria dos Serviços de Saúde, e contribuir para os novos desafios que se impõem.

Realça-se que, Rosa Bessa de Campos é natural de Luanda, nascida aos 23 de Julho de 1963.

Fonte: PN

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button