AngolaDestaque

Taag inaugura a rota Luanda-Ilha do Sal

A TAAG-SA, Linhas Aéreas de Angola, voltou, na sexta-feira (26), a voar para a República de Cabo Verde, depois de três anos de interregno devido a dificuldades financeiras, sendo a rota Luanda/Ilha do Sal a escolhida em detrimento da rota Luanda/cidade da Praia que pode ser, em breve, operada pela Cabo Verde Airlines.

Taag inaugura a rota Luanda-Ilha do Sal
Taag inaugura a rota Luanda-Ilha do Sal

No Aeroporto Internacional Amílcar Cabral, a aeronave que saiu de Luanda, com cerca de 90 convidados a bordo, recebeu o respectivo baptismo de voo, na presença do ministro cabo-verdiano do Turismo e Transportes, José Gonçalves, que sublinhou que os dois povos estão “condenados” a partilhar o desenvolvimento sustentável que ambos os países vão alcançar.

Explicou que a Ilha do Sal é o berço do turismo em Cabo Verde e neste momento o aeroporto local é uma plataforma com ligações para vários destinos na Europa, Estados Unidos da América, Brasil e outros pontos com vários interesses.

O governante que deu as boas vindas a comitiva angolana, informou que possivelmente e sem dar mais detalhes, no próximo mês de Outubro, a companhia de bandeira Cabo Verde Airlines poderá operar a rota Cidade da Praia/ Luanda.

Segundo fonte da companhia, a ligação a Ilha do Sal será feita com escala em São Tomé e Príncipe, com duas frequências semanais, à sexta-feira e ao domingo, pelo avião Boeing 737 – 700 NG, que tem a capacidade para transportar 120 passageiros.

A TAAG atende, actualmente, 17 destinos domésticos, 25 internacionais, em África, América do Sul, Europa e Ásia, com uma frota composta de 13 aeronaves das quais oito são do tipo Boeing 777, “Triple seven”.

A companhia opera nas linhas de Lisboa, Porto, Pequim, Dubai, Rio de Janeiro, São Paulo, Havana, Cidade do Cabo, Joanesburgo, São Tomé, Praia, Brazzaville, Bangui, Douala, Harare, Windhoek, Maputo e desde sexta-feira (26) a Cidade do Sal.

Acordo de Code-share 

Ainda na Ilha do Sal as companhias TAAG-SA e Cabo Verde assinaram um acordo de cooperação comercial, consunbstanciado no regime de code-share (partilha de códigos), rubricados respectivamente por Rui Carreira e Jens Bjarnaso, ambos presidentes das referidas entidades.

Este serviço é um acordo de cooperação onde uma companhia aérea transporta passageiros de uma outra companhia através de códigos compartilhados num determinado voo.

Neste caso, passageiros com bilhetes para um voo da Cabo Verde Airlines entre Luanda e Sal, serão transportados por uma aeronave da TAAG, a companhia aérea cabo-verdiana irá vender bilhetes com código próprio mesmo em voos operados pela TAAG, que nesta parceria actuará como operador.

Angop

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button