Cultura

Ministra quer rentabilização das danças angolanas

Luanda - A ministra da Cultura, turismo e Ambiente, Adjany Costa, destacou, nesta quarta-feira, a necessidade de se "rentabilizar", valorizar, proteger e expandir a riqueza cultural angolana expressa nas danças.

Mesmo em quarentena pelo combate à pandemia da covid-19, a ministra, em mensagem sobre o Dia Mundial da Dança, que se assinala nesta quarta-feira, 29, apela aos fazedores dessa arte para que a pratiquem como uma forma de manter a sanidade física e mental.

A  ministra afirma que a dança tem uma enorme representatividade nas expressões culturais, modernas e passadas.

“São um legado, e o impacto que têm na nossa realidade actual pode e serve de catalisador para mantermos a nossa sanidade física e mental em bom estado de conservação”, reforça.

Encoraja os agentes culturais a utilizarem as novas tecnologias para criar e dar a conhecer o trabalho que já se fez e que se pretende fazer num futuro próximo.

Institucionalizado pelo Comité Internacional da Dança (CID) da UNESCO em 1982, o Dia Mundial da Dança é celebrado na data de nascimento do bailarino e mestre de bailado Jean-Georges Noverre (1727-1810), considerado um dos pioneiros da dança moderna.

Tags
Mostrar Mais

Bernardo Seculo

Jovem Empreendedor , Sonhador , Estudante Do Curso de Técnico De Informática, Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button