Desporto

1º de Agosto vence Petro e adia consagração rival

Numa partida atípica, marcada por inúmeras perdas de bola de parte a parte, o 1º de Agosto, foi mais eficiente e venceu, ontem, por 73-70, o Petro de Luanda, impedindo que o eterno rival comemora-se, no Pavilhão da Cidadela, à conquista do título de campeão da 41ª edição do Campeonato Nacional sénior masculino de basquetebol.

1º de Agosto vence Petro e adia consagração rival
1º de Agosto vence Petro e adia consagração rival

Adiada consagração do título

Em desvantagem, por 1-3, a formação do Rio Seco, detentora do troféu, está obrigada a vergar novamente amanhã, os petrolíferos no quinto de sete jogos previstos para a disputa da final dos playoffs. O encontro, está marcado para as 18h00, agora no “bastião” militar, Pavilhão Victorino Cunha.
O triunfo agostino foi arrancado na crença, capacidade de sofrimento o quanto bastou, e muito pelo demérito também do adversário, que só se pode queixar de si, por não ter repetido a “vassourada” alcançada há quase duas décadas.
Vitoriosos no primeiro e segundo quarto, 21-16 e 22-20, saindo ao intervalo em vantagem por 43-36, os tricolores do Eixo Viário às ordens de Lazare Adingono, tiveram até aos instantes finais possibilidades de em presença dos seus adeptos, abrir o champanhe e festejar a comemoração do 13º título da sua história.
Pois quando restavam pouco mais de 3:45 minutos por se jogar no derradeiro período, encontravam-se na liderança do marcador por 69-65. Daí em diante os petrolíferos marcaram somente um ponto, contra oito dos campeões. Nos parciais fizeram 17-18 e somente 10 contra 19 pontos do 1º de Agosto, no quarto derradeiro.
Sem margem de erro e determinados a adiar a consagração opositora, os rubro e negros comandados por Paulo Macedo tiveram em Quezada o principal artífice, fizeram contas e por merecer o triunfo. Pelo Petro alinharam e marcaram: Kendall Gray (6), Olímpio Cipriano (3), Childe Dundão (8), Carlos Morais (17), Joaquim Pedro, Leonel Paulo (12), Aboubakar Gakou (5), Hermenegildo Mbunga (11), Gerson Gonçalves (8), António Deográcio e Aldemiro João “Vander”, terminaram sem pontos.
No 1º de Agosto foram utilizados e encestaram: Pedro Bastos, Carlos Cabral, Edson Ndoniema (2), Armando Costa (8), Tárcio Domingos (2), Felizardo Ambrósio (4), Mutau Fonseca, Emmanuel Quezada (35), Eduardo Mingas (9), Hermenegildo Santos, Islando Manuel (5) e Andre Harris (8).

Jornal Angola

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button