Desporto

Ausência de assinatura adia aprovação de contas da FAB

A ausência da assinatura de um dos membros do Conselho Fiscal esteve na base da não aprovação do relatório e contas dos exercícios de 2017 e 2018 da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), durante a Assembleia-geral extraordinária realizada ontem, na Galeria dos Desportos, no Complexo da Cidadela.

Ausência de assinatura adia aprovação de contas da FAB
Ausência de assinatura adia aprovação de contas da FAB

Fotografia: DR

Nesta conformidade, os associados decidiram remarcar o conclave para amanhã, às 15h00, no mesmo local. A informação foi avançada pelo presidente de mesa do órgão magno da FAB, Agostinho José Matamba, em declarações à imprensa, após o encontro com duração de sete horas, onde o último ponto da agenda de trabalhos suscitou acalorados debates.
“Acabámos por não concluir com o último ponto sobre a apresentação do relatório e contas, por ausência de uma assinatura de um dos membros do Conselho Fiscal, o que não vai ao encontro ao que está regulamentado. No documento devem constar duas assinaturas”, explicou Agostinho Matamba.
Ainda de acordo com o dirigente, a assinatura única deveu-se ao facto de, na altura que o elenco da FAB presidido por Hélder Cruz “Maneda” fez chegar o documento, este integrante do Conselho Fiscal encontrava-se no exterior. Nesta altura, o mesmo está de regresso ao país.
Por outro lado, o ponto sobre a demissão do presidente da FAB foi retirado da agenda de trabalhos. Agostinho Matamba revelou ter havido unanimidade dos filiados, que preferiram não voltar a abordar o tema da destituição de Maneda.”Quem acompanha o basquetebol sabe o quão importante é a continuidade do actual presidente nesta altura”.

JA

Tags
Mostrar Mais

Ernesto

Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button