Desporto

Basquetebol: Inter volta destroçar 1º de Agosto por mais de 10 pontos

Depois das vantagens de 17 pontos no primeiro jogo (89-72), o Interclube voltou a mostrar a sua supremacia no campeonato Nacional sénior feminino basquetebol, dilatando a sua vantagem sobre o arquirrival, o 1º e Agosto, por 76-60, na segunda partida da final a melhor de cinco, disputada no pavilhão 28 de Fevereiro, em Luanda.
Basquetebol: Inter volta destroçar 1º de Agosto por mais de 10 pontos
Basquetebol: Inter volta destroçar 1º de Agosto por mais de 10 pontos
ampeonatos regionais de basquetebol sénior e júnior masculinos, época 2019, decorrem de 30 de Março a 08 de Junho, segundo o calendário dos jogos tornado público pela Associação Regional de Basquetebol do Fogo.

Desde cedo que os polícias demostravam a sua superioridade, penetrando facilmente e terminando com pontos as jogadas, elevando a vantagem de 10-04, passados quatro minutos.

Inconformado com exibição das “agostinas”, Jaime Covilhã recorreu ao desconto de tempo para reajustar a filosofia de jogo, já com a integração de Rosa Gala, o conjunto do Rio Seco chegou a recuperar e passando a frente do marcador 11-10, a quatro minutos do fim do primeiro quarto.

Neste quarto, as rubro-negros passaram a marcar a zona, o que obrigava a rival a inúmeras falhas e constantes mudanças no plantel, mesmo assim o 1º de Agosto conservou a vantagem no final do quarto inicial (19-15).

No reinício, Covilhã, bastante interventivo, pedia para as atletas explorarem o tempo de jogo com a circulação da bola, daí que dominavam em termos de posse de bola, mas reduziram a eficácia na finalização ao registarem três minutos sem pontuar.

Do outro lado, notava-se um Inter agastado, cometia sucessivos dribles, mas fruto das experientes Roben Parks (21 pontos), Italee Lucas (17) e Pauline Akonga (20) galvanizou-se e inverteu o marcador ao intervalo, por 38-31.

No reatamento, as rubro-negras pareciam indefesas, sem calma no acto dos lances e sem raça para controlar o ataque contrário, voltando a ficar sem marcar por três minutos. A extremo Guindula Filipe (07), Elizabeth Mateus (08) e a canadiana Adut Bulgak (13) tentavam ajudar o grupo a se impor, mas as bombeiras viam na máxima força e extinguiram o “fogo militar” com triunfo de 60-52, no terceiro período.

Os adeptos do 1º de Agosto, nas bancadas eram fervorosos, procuravam motivar as atletas entoando hinos, cânticos e até canções, no retângulo as jogadores tentavam compensar os mesmos, mas viam-se sem força para se sobreporem a criatividade do trio do Inter, composta por Roben Parks, Paulinr Akonga e Italee Lucas que carregaram a turma para a segunda vitória nesta final.

Com este resultado, o Interclube fica a uma vitória para reconquistar o título. O terceiro duelo acontece sexta-feira do pavilhão Vitorino Cunha.

Dados estatísticos:

O interclube converteu 47,1 porcento de lançamento de campo, 5 lances livres em 6 vezes, 4 triplos em 13 ocasiões, 37 ressaltos (30 defensivos e sete ofensivos), 16 assistências, 14 turnovers, cometeu 18 falta e atingiu o nível 90 de eficácia.

Já o 1º de Agosto registou 35 por cento em lançamento de campo, marcou cinco triplos em 19 oportunidades, capturou 32 ressaltos (22 defensivos e 10 ofensivos), protagonizou 10 assistências, consentiu 14 turnovers, averbou 22 faltas e registou 53 de nível de eficiência.

Com arbitragem de António Bernardo, coadjuvado por Francisco Pacheco e Paulo Luvati, as equipas alinharam assim:

Interclube: Erica Guilherme (00), Joana António (02), Italee Lucas (17), Rosimira Daniel (01), Astrida Vicente (00),Roben Parks (21), Felizarda Jorge (06), Nadir Manuel (09), Jéssica Malage (00), Pauline Akonga (20)

Treinador: Apolinário Paquete

1º de Agosto: Fineza Eusébio (06), Luísa Simão (00), Joana Balanga (00),Rosa Gala( 10),  Juda Quindanda (04), Avelina Peso (04), Cristina Correia (00), Elizabeth Mateus (08), Cristina Matiquite (08), , Nguendula Filipe ( 07),  Adut  Bulgak (13).

Na classificativa para o terceiro lugar, o Inter de Benguela forçou o terceiro jogo, ao vencer o Desportivo do Maculusso, por 65-58. No segundo duelo realizado no pavilhão 28 de Fevereiro.

Sapo
Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button