DesportoDestaque

FEDERAÇÃO ANGOLANA SEM COMPROVATIVO DO PAGAMENTO A RIVALDO

O presidente do Kabuscorp, Bento Kangamba, disse ter efectuado o pagamento de cerca de 90 por cento da dívida total de 500 mil dólares
Federação Angolana sem comprovativo do pagamento a Rivaldo
FEDERAÇÃO ANGOLANA SEM COMPROVATIVO DO PAGAMENTO A RIVALDO
Rivaldo SAPO Desporto

A Federação Angolana de Futebol (FAF) não recebeu até à presente data qualquer documento que comprove o pagamento, por parte do Kabuscorp do Palanca, da dívida ao ex-internacional brasileiro Rivaldo Ferreira, pelo que o clube será relegado à segunda divisão do futebol nacional logo que termine o Girabola2018/19, soube esta quarta-feira a Angop, em Luanda.

A confirmação foi feita pelo presidente do conselho de disciplina da FAF, José Carlos, explicando que, em função do incumprimento, a federação angolana emitiu já uma declaração de compromisso à FIFA a dar conta que implementará a medida em obediência à orientação deste órgão que rege a modalidade a nível do mundo.

No entanto, o responsável aventou ainda a possibilidade de o clube poder ter uma atenuante, por parte da FIFA, caso comprove antes da homologação do campeonato nacional, apesar de ter ultrapassado o prazo inicialmente dado (6 de maio) e a FAF ter se comprometido já a despromovê-lo.

Caso consiga provar, explicou, a FAF deverá recorrer à FIFA no sentido de esta retirar a sanção ao seu filiado.

Aquando do anúncio da petição da FIFA sobre o chamado “caso Rivaldo”, na semana transata, o presidente do Kabuscorp, Bento Kangamba, disse ter efectuado o pagamento de cerca de 90 por cento da dívida total de 500 mil dólares, num processo que envolveu advogados do atleta, e que apenas faltava enviar os comprovativos.

Rivaldo representou o Kabuscorp na época 2012 e marcou 11 golos em 21 jogos.

Por outro lado, José Carlos informou que a direcção da federação devolveu os nove pontos que havia retirado ao Kabuscorp, após as partes implicadas, designadamente o treinador Romeu Filemon, Adawa (atleta) e Caetano Maria (médico) terem desistido do recurso.

Sendo assim, o Kabuscorp passa para o terceiro lugar do Girabola2018/19 com 48 pontos.

Sapo

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button