Desporto

LIVERPOOL É O MELHOR NÃO CAMPEÃO DA HISTÓRIA: OS 97 PONTOS DAVAM PARA VENCER 25 DAS 27 EDIÇÕES DA PREMIER LEAGUE

Só o City de Guardiola, campeão nas últimas duas épocas, conseguiu mais pontos.
Liverpool é o melhor não campeão da história: os 97 pontos davam para vencer 25 das 27 edições da Premier League
Jurgen Klopp aplaude os jogadores do Liverpool PETER POWELL/EPA

A frustração deve ter tomado conta dos jogadores, técnicos e adeptos do Liverpool, pelo fim da Premier League. O emblema da cidade dos Beatles apenas perdeu por uma vez, somou sete empates e conseguiu amealhar 97 pontos nas 38 jornadas da edição 2018/2019 da prova. Pontos que davam para vencer 25 das 27 edições dos mais entusiasmantes campeonatos de futebol de clubes do Mundo, de acordo com dados do ‘Playmakerstats’. Por aqui se deve valorizar o que fez Guardiola no City nos últimos dois anos.

Claro que toda esta frustração será esquecida se, no dia 1 de junho, os ‘reds’ levantarem a ‘orelhuda’ na final da Liga dos Campeões frente ao Tottenham.

Foi uma corrida inglória para a equipa de Klopp. Nas últimas nove rondas da Premier League os ‘reds’ somaram por vitórias todos os jogos realizados. Mas do outro lado estava um Manchester City que não desarmou em momento algum até a revalidação do título. A formação de Klopp apenas perdeu para o campeão City, no Ethiad, em jogo da 21.ª ronda da prova, altura em que a equipa de Guardiola aproveitou para reduzir para quatro a desvantagem para o Liverpool, líder com 54 pontos.

Este parecia ser o ano em que o Liverpool ia finalmente vencer a Liga Inglesa, depois de 1989/1990, altura da última conquista com Kenny Dalglish, quando ainda nem havia Premier League (seria criada dois anos depois). A derrota com os ‘citizens’ via a vantagem cair de sete para quatro pontos mas o título continuava nas mãos da formação de Liverpool.

Só que, após essa derrota – a única sofrida em 38 jogos da Premier League -, a formação de Jurgen Klopp viria a perder mais pontos, ao empatar 1-1 com Leicester e West Ham em duas jornadas seguidas, e 0-0 com Everton e Manchester United. Os quatro empates somados em seis jornadas foram bem aproveitados pelo Manchester City que subiu à liderança da prova na 29.ª jornada, quando os ‘reds’ empataram a zero com o Everton de Marco Silva, no grande dérbi de Merseyside. A equipa de Guardiola nunca mais perdeu o ponto de vantagem sobre o rival até ao final da época.

Nas 38 jornadas da Premier League, os ‘reds’ conseguiram 30 vitórias e sete empates, marcaram 89 golos e ficaram com o segundo melhor ataque, apenas batido pelos 95 tentos do campeão. A Melhor Defesa ficou em Anfield Road, com apenas 22 golos sofridos em 38 jogos, menos um que o City.

A nível individual, destaque para Sadio Mané e Mohamed Salah, que terminaram, a par de Aubameyagn, como melhores marcadores da prova, todos com 22 golos.

Estes 97 pontos representam uma melhoria significativa em relação à última época, quando a equipa de Klopp ficou apenas no quarto lugar com 75 pontos, longe dos 100 do City, dos 81 do Manchester United de José Mourinho e atrás do Tottenham que fez 77. A equipa de Klopp somou 21 vitórias, 12 empates e averbou cinco derrotas.

Em 2017/2018, o Manchester City de Guardiola não deu hipóteses à concorrência. Numa caminhada impressionante, Guardiola bateu oito recordes na Premier League. O catalão foi o primeiro treinador espanhol a ser campeão inglês, fez do City o campeão nacional com maior antecedência, ao garantir a conquista a cinco jornadas do fim, igualando a marca do Manchester United de 2000/2001, venceu a prova com mais vitórias numa época (32), mais golos marcados (106), mais pontos (100), mais vitórias consecutivas (18), maior número de vitórias fora de casa (16), maior saldo de golos (79) e maior diferença para o segundo colocado (19 pontos).

Para o ano, Klopp volta a ter como objetivo principal vencer a Premier League pela primeira vez e quebrar a maldição que dura há 30 anos.

Sapo

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button