Mourinho: «Sei o que não quero, por isso recusei três ofertas»

José Mourinho mostra firmes convicções quanto às metas temporais para voltar à ação como treinador de futebol. Cerca de dois meses e meio após ter saído do comando técnico do Manchester United, o português de 56 anos diz estar de olhos postos na época 2019/2020 e já com prioridades encaminhadas.

«Sei exatamente o que não quero, por isso recusei três a quatro ofertas. E sei o que quero, não o nome do clube, mas o estilo e a carga de trabalho», referiu Mourinho, em declarações à BeIN Sports.

«Não importa para onde vou, provavelmente para um lugar onde possa ganhar. Passaram dois meses e meio desde que estou sem treinar e estou a preparar-me para o próximo desafio. Não estou de férias nem entediado. Estou a preparar-me. Quero treinar um clube, quero encontra-lo no próximo verão, em junho, para a pré-temporada», considerou, ainda.

Mourinho fez, pelo meio, uma revelação curiosa de quando passou como treinador pelo Real Madrid, na primeira época nos merengues, em 2010/2011, acerca dos franceses do Lyon.

«Na minha primeira época, jogámos contra o Lyon [ndr: na Liga dos Campeões] e o clube temia-os. Não entendia como podiam ter medo de jogar contra o Lyon. Era uma boa equipa, mas era o Lyon», recordou, acerca de uma eliminatória que os espanhóis ultrapassariam, até caírem nas meias-finais, ante o Barcelona.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *