Desporto

Veja as maiores viradas da Champions?

1- Barcelona 6 x 1 PSG (2016/17)
Na ida, o PSG venceu por 4 a 0 e (achou que) deixou a classificação encaminhada para as quartas de final. Na volta, o Barça abriu 3 a 0, mas viu a reação esfriar com o gol de Cavani (que obrigaria os anfitriões a fazer outros três). Foi quando brilhou a estrela de Neymar, autor de dois gols e uma assistência nos minutos finais de uma das mais épicas classificações da Champions. (Foto: Reuters)
Veja as maiores viradas da Champions?

Na ida, o PSG venceu por 4 a 0 e (achou que) deixou a classificação encaminhada para as quartas de final. Na volta, o Barça abriu 3 a 0, mas viu a reação esfriar com o gol de Cavani (que obrigaria os anfitriões a fazer outros três). Foi quando brilhou a estrela de Neymar, autor de dois gols e uma assistência nos minutos finais de uma das mais épicas classificações da Champions. (Foto: Reuters)

2- Liverpool 4 x 0 Barcelona (2018/19)
A vitória por 3 a 0 no Camp Nou complicou a vida do Liverpool. As ausências de Salah e Roberto Firmino complicaram ainda mais a vida da equipe de Klopp. Até que brilharam as estrelas dos reservas Origi e Wijnaldum, e os Reds conseguiram mais uma virada épica de Champions. (Foto: Getty Images)
Veja as maiores viradas da Champions?

A vitória por 3 a 0 no Camp Nou complicou a vida do Liverpool. As ausências de Salah e Roberto Firmino complicaram ainda mais a vida da equipe de Klopp. Até que brilharam as estrelas dos reservas Origi e Wijnaldum, e os Reds conseguiram mais uma virada épica de Champions. (Foto: Getty Images)

3- Liverpool 3 x 3 Milan (2004/05)
O Milan saiu para o intervalo com a vantagem de 3 a 0 no placar, graças aos gols de Maldini e Crespo (duas vezes). Na volta do vestiário, Gerrard, Smicer e Xabi Alonso lavaram menos de 15 minutos para empatarem. A decisão foi para os pênaltis, mas Serginho, Pirlo e Shevchenko erraram suas cobranças, e o Liverpool levou sua quinta taça para casa. (Foto: Reprodução / Youtube)

O Milan saiu para o intervalo com a vantagem de 3 a 0 no placar, graças aos gols de Maldini e Crespo (duas vezes). Na volta do vestiário, Gerrard, Smicer e Xabi Alonso lavaram menos de 15 minutos para empatarem. A decisão foi para os pênaltis, mas Serginho, Pirlo e Shevchenko erraram suas cobranças, e o Liverpool levou sua quinta taça para casa. (Foto: Reprodução / Youtube)

4- Roma 3 x 0 Barcelona (2017/18)
O Barcelona deve começar a ter pesadelos com Alisson. Antes da dolorida eliminação da última terça, o time catalão foi surpreendido por uma equipe defendida pelo goleiro brasileiro. No ano passado, a equipe italiana foi derrotada por 4 a 1 no jogo de ida das quartas de final, mas conseguiu uma classificação épica no Olímpico ao vencer por 3 a 0. (Foto: Reuters)

O Barcelona deve começar a ter pesadelos com Alisson. Antes da dolorida eliminação da última terça, o time catalão foi surpreendido por uma equipe defendida pelo goleiro brasileiro. No ano passado, a equipe italiana foi derrotada por 4 a 1 no jogo de ida das quartas de final, mas conseguiu uma classificação épica no Olímpico ao vencer por 3 a 0. (Foto: Reuters)

5- Manchester United 2 x 1 Bayern de Munique (1998/99)
Solskjaer cabeceava para a eternidade. O Bayern ia levando aquela decisão no Camp Nou com a vitória por 1 a 0 até que veio a grande virada nos acréscimos (com jogadores que saíram do banco). Aos 46, Sheringham empatou. Aos 48, o norueguês virou. E o Manchester United conquistava uma das grandes decisões da história. (Foto: Getty Images_

Solskjaer cabeceava para a eternidade. O Bayern ia levando aquela decisão no Camp Nou com a vitória por 1 a 0 até que veio a grande virada nos acréscimos (com jogadores que saíram do banco). Aos 46, Sheringham empatou. Aos 48, o norueguês virou. E o Manchester United conquistava uma das grandes decisões da história. (Foto: Getty Images_

6- Juventus 3 x 0 Atlético Madrid (2018/19)
No primeiro desafio após os anos de glória em Madri, Cristiano Ronaldo mostrou seu poder de decisão contra um antigo rival. O Atlético venceu por 2 a 0 e ficou bem encaminhado. Mas o português anotou um hat-trick no jogo de volta e levou a Velha Senhora às quartas de final com a vitória por 3 a 0 em Turim. (Foto: Alessandro Di Marco/EFE)

No primeiro desafio após os anos de glória em Madri, Cristiano Ronaldo mostrou seu poder de decisão contra um antigo rival. O Atlético venceu por 2 a 0 e ficou bem encaminhado. Mas o português anotou um hat-trick no jogo de volta e levou a Velha Senhora às quartas de final com a vitória por 3 a 0 em Turim. (Foto: Alessandro Di Marco/EFE)

7- La Coruña 4 x 0 Milan (2003/04)
A temporada 2003/04 foi de zebras na Liga dos Campeões. Em duelo pelas quartas de final, o Milan de Dida, Cafu, Nesta, Maldini, Pirlo, Seedorf, Kaká, Inzaghi e Shevchenko (que defendia o título) venceu por 4 a 1. Só que na volta o La Coruña de Mauro Silva e Djalminha foi ainda melhor e avançou às quartas de final com a goleada por 4 a 0. Fosse nos tempos atuais, teria quebrado as redes sociais. (Foto: Getty Images)

A temporada 2003/04 foi de zebras na Liga dos Campeões. Em duelo pelas quartas de final, o Milan de Dida, Cafu, Nesta, Maldini, Pirlo, Seedorf, Kaká, Inzaghi e Shevchenko (que defendia o título) venceu por 4 a 1. Só que na volta o La Coruña de Mauro Silva e Djalminha foi ainda melhor e avançou às quartas de final com a goleada por 4 a 0. Fosse nos tempos atuais, teria quebrado as redes sociais. (Foto: Getty Images)

8- PSG 1 x 3 Manchester United (2018/19)
Uma virada única até aqui na Liga dos Campeões. O PSG venceu por 2 a 0 em Old Trafford, vantagem nunca antes invertida por um time que perdeu por essa diferença de gols em casa. Até o inspirado United de Solskjaer - que, do modo mais copeiro possível, voltou de Paris com a classificação graças à vitória por 3 a 1. Um feito inédito na história da competição. (Foto: Reuters)

Uma virada única até aqui na Liga dos Campeões. O PSG venceu por 2 a 0 em Old Trafford, vantagem nunca antes invertida por um time que perdeu por essa diferença de gols em casa. Até o inspirado United de Solskjaer – que, do modo mais copeiro possível, voltou de Paris com a classificação graças à vitória por 3 a 1. Um feito inédito na história da competição. (Foto: Reuters)

9- Real Madrid 3 x 0 Wolfsburg (2015/16)
A primeira das três Champions conquistadas por Zidane à frente do Real Madrid passa por aquele duelo pelas quartas de final. Afinal, a derrota por 2 a 0 na ida, na Alemanha, pressionava Cristiano Ronaldo e companhia. Um gol contra obrigaria os merengues a fazer quatro. Liderado pelo melhor do mundo naquele ano, o Real venceu por 3 a 0 e deu mais um passo rumo ao título. (Foto: AP)

A primeira das três Champions conquistadas por Zidane à frente do Real Madrid passa por aquele duelo pelas quartas de final. Afinal, a derrota por 2 a 0 na ida, na Alemanha, pressionava Cristiano Ronaldo e companhia. Um gol contra obrigaria os merengues a fazer quatro. Liderado pelo melhor do mundo naquele ano, o Real venceu por 3 a 0 e deu mais um passo rumo ao título. (Foto: AP)

10- Monaco 3 x 1 Real Madrid (2003/04)
Pense no Real Madrid dos galácticos Zidane, Ronaldo, Figo e Beckham em 2004. Pois bem. O responsável por tirar esse estrelado time da Liga dos Campeões foi o Monaco de Plasil, Morientes, Giuly e Evra, com direito a virada nas quartas de final. Derrotado por 4 a 2 em Madri, o time finalista daquela edição venceu por 3 a 1 em casa e avançou por conta dos gols marcados fora. (Foto: Shaun Botterill/Getty Images)
Veja as maiores viradas da Champions?

Pense no Real Madrid dos galácticos Zidane, Ronaldo, Figo e Beckham em 2004. Pois bem. O responsável por tirar esse estrelado time da Liga dos Campeões foi o Monaco de Plasil, Morientes, Giuly e Evra, com direito a virada nas quartas de final. Derrotado por 4 a 2 em Madri, o time finalista daquela edição venceu por 3 a 1 em casa e avançou por conta dos gols marcados fora. (Foto: Shaun Botterill/Getty Images)

11- Chelsea 4 x 1 Napoli (2011/12)
O único título de Champions do Chelsea passa por esse jogo. Na ida, na Itália, o Napoli de Cavani e Lavezzi venceu por 3 a 1. Na volta, o Chelsea de Terry e David Luiz precisou da prorrogação, após devolver o placar no tempo normal, para ir às quartas de final. (Photo by Clive Rose/Getty Images)

O único título de Champions do Chelsea passa por esse jogo. Na ida, na Itália, o Napoli de Cavani e Lavezzi venceu por 3 a 1. Na volta, o Chelsea de Terry e David Luiz precisou da prorrogação, após devolver o placar no tempo normal, para ir às quartas de final. (Photo by Clive Rose/Getty Images)

Fonte: http://interativos.globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/liga-dos-campeoes/playbuzz/qual-e-o-lugar-de-liverpool-4-x-0-barcelona-entre-as-maiores-viradas-da-champions

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button