DestaqueEducação

Educação financeira nas escolas angolanas

Os alunos do ensino secundário I e II ciclos das escolas públicas vão, a partir do ano lectivo 2022, ter no currículo escolar matérias sobre Gestão Financeira, informou ontem, em Luanda, o director-geral do Instituto Nacional de Investigação e Desenvolvimento da Educação (INIDE).

Educação financeira nas escolas angolanas
Educação financeira nas escolas angolanas

Manuel Afonso falava após a celebração do acordo entre o Ministério da Educação e a Agência Angolana de Regulação e Supervisão de Seguros (Arseg) sobre a inclusão de matérias relacionadas com a Gestão Financeira no currículo académico.
O director-geral do INIDE referiu que os temas a serem abordados fazem parte do processo de Contextualização e Recontextualização iniciado em 2018. O projecto vai proporcionar aos estudantes novos conteúdos sobre gestão e não só.
Segundo o director-geral, a educação financeira constitui um dos pilares fundamentais da sociedade, preparando os futuros quadros de forma honesta e responsável com a coisa pública.
Angola tem dado passos importantes, disse Manuel Afonso, mas ainda tem muito trabalho pela frente.
O Presidente do Conselho de Administração da Agência (Arseg), Aguinaldo Jaime, considerou o acto simples, mas com um profundo significado para o quadro do sistema financeiro angolano.

JA
Fotografia: Angop

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button