DestaqueSociedade

INAC está no encalço do tráfico de menores

Quatro casos de tráfico de menores foram registados, este ano, na província do Bié, informou ontem o responsável provincial do Instituto Nacional da Criança (INAC), Vasco Kambovo, que considerou o fenómeno de preocupante, informou ontem a Angop.

INAC está no encalço do tráfico de menores
INAC está no encalço do tráfico de menores

Fotografia: DR

Em declarações à imprensa local, o responsável informou que uma criança de 12 anos de idade, raptada na província de Luanda, por uma cidadã estrangeira, foi recuperada pelo SIC (Serviços de Investigação Criminal), no município do Andulo, e encontra-se sob tutela do INAC.
Vasco Kambovo disse ser também preocupante o nú-mero de crianças que abandonam o lar para viver na rua, salientando que, este ano, o INAC teve o registo de 72 casos, mais 10 em relação a 2018, dos quais 60 menores foram já reunificados junto dos familiares.
O INAC, informou, continua a trabalhar com o SIC e outros parceiros na identificação de familiares de crianças que estão na tutela da instituição. Se-gundo o director, maus tratos dos pais, a pobreza, apetência pelo lucro fácil quando envolvidos cidadãos estrangeiros, desconhecimento da lei e outros aspectos relacionados com tabus nas comunidades, levam as pessoas a crimes do género e os menores a abrigarem-se na rua.
Lamentou o facto de alguns encarregados de educação insistirem em violentar os menores, esforçando-os a se refugiar em locais inadequados.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button