DestaqueEducação

INAGBE inicia hoje inscrições para 6500 bolsas internas

O Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE) dá início hoje até 22 de Junho às inscrições para 6.500 bolsas internas de graduação e pós-graduação. O interessados devem inscrever-se através do portal “www.inagbeonline.com”, lançado na sexta-feira última, em Luanda.

INAGBE inicia hoje inscrições para 6500 bolsas internas
INAGBE inicia hoje inscrições para 6500 bolsas internas

Ana Paula Elias garantiu que houve um aumento na oferta de bolsas de estudo internas em relação ao ano passado
Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

A directora do INAGBE, Ana Paula Elias, garantiu na última sexta-feira, durante uma conferência de im-prensa, que a instituição tem disponíveis, para este ano, 6.500 bolsas de estudo internas, 5.500 dos quais para graduação (licenciatura) e mil para pós-graduação (mes-
trado e doutoramento). Ana Paula Elias lembrou que, comparativamente ao ano transacto, houve um acréscimo de 1.300 bolsas.
De acordo com Ana Paula Elias, no ano passado a instituição tinha disponibilizado apenas 5.200 bolsas, sendo 4.600 para graduação e 600 para pós-graduação. Ana Paula Elias acrescentou que o aumento de bolsa vem responder a meta preconizada pelo Executivo que prevê, por via do Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN), a atribuição de seis mil bolsas de estudo por ano.
Ana Paula Elias informou que estão habilitados às bolsas de estudo de graduação e de pós-graduação apenas os candidatos que estejam matriculados, inscritos e a frequentar um curso. Os candidatos que estiverem a frequentar instituições e cursos ilegais no país estão impedidos de concorrer às bolsas.
De igual modo, estão impedidos de concorrer às bolsas candidatos que terminaram o ensino médio e ficaram parados dois anos.
O concorrente à bolsa de graduação deve ter no má-ximo 25 anos, para mestrado até 35 anos e doutoramento até 45 anos.
Ana Paula Elias disse que os estudantes que apresentarem certificado de mérito e de excelência, assim como aqueles que estiverem a frequentar cursos considerados pelo Plano Nacional de Formação de Quadro como prioritários e deficitário no país, como são os de Engenharia, Ciência da Saúde, Medicina, Artes, Desportos e Agronomia têm mais possibilidade para obterem bolsa. O INAGBE controla neste momento, a nível de todo o país, um total de 15.780 bolseiros internos, dos quais 14.806 de graduação, 974 de pós-graduação e estão distribuídos nas diversas instituições de ensino superior legalmente regularizadas.
No exterior, a instituição controla actualmente 3.617 bolseiros distribuídos em 23 países, dos quais 3.060 de graduação e 557 de pós-graduação. Neste momento, as bolsas de estudo externas estão suspensas, devido ao momento financeiro que o país atravessa. Os subsídios de todos os bolseiros externos estão pagos até ao mês de Março, estando neste mo-mento a decorrer o pagamento do mês de Abril.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button