Destaque

Incumprimento do Kabuscorp pode lesar interesses nacionais

Motivo de júbilo em 2012, quando aos 40 anos, já sem a frescura e a classe que desfilou nos grandes palcos mundiais, chegou ao Girabola, o brasileiro Rivaldo é hoje uma séria ameaça para o futebol angolano, que pode ficar afastado das provas reconhecidas pela FIFA, caso a Federação desobedeça a instrução de despromoção do Kabuscorp do Palanca.

Incumprimento do Kabuscorp pode lesar interesses nacionais
Incumprimento do Kabuscorp pode lesar interesses nacionais

Kabuscorp pode ser rebaixado para segundo escalão do futebol
Fotografia: DR

Segunda-feira, 6 de Maio, pode entrar para a história da modalidade no país, pelas piores razões. O clube de Bento Kangamba tem de fazer provas, junto do organismo reitor à escala mundial, de que liquidou a dívida com o antigo futebolista, avaliada em 750 mil dólares, mais 28 mil de juros de mora.
Tido como promotor da imagem do futebol angolano numa dimensão planetária, por alguns comentadores, a julgar pelo seu histórico e palmarés desportivos, o campeão do mundo ao serviço do Brasil, em 2002, no Japão e Coreia do Sul, coloca em alerta máxima toda a estrutura do desporto nacional, do Ministério ao adepto anónimo, visto estar em causa a representação do país nas competições internacionais, desde as selecções aos clubes.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button