Obra de Artista angolano é leiloada em Londres

O mas importante do que ganhar dinheiro é entra na casa de um grande coleccionador de arte e ver a minha obra na parede da sua residência.

Por Norberto Pires

Bué Fixe – como surgiu o gosto pela pintura? Nelo Teixeira – o meu gosto pela pintura surge de uma linhagem familiar e do incentivo de muitos pintores, porque como carpinteiro fazia as bases das telas e os artistas viam que eu tinha talento para tal. BF – Teve educação artística? Pintores na família? Foi educado familiarmente ou academicamente? – Tive educação artística na família e na escola, em termos gerais, globais. Praticamente, sou um autodidacta. Estou na arte, mas vim da carpintaria. Sou um autodidacta muito assumido. BF – Quais são os seus mestres na arte? – é obvio que os mestres da pintura como Vincent Van Gogh , Pablo Picasso, Leonardo da Vinci, Salvador da Li e muitos outros por esse mundo ai fora já em Angola temos excelentes pintores como António Olé, Jorge Gembe o professor Vam etc… BF – O que pretende transmitir com a sua obra? – Quando sento para pintar tento o máximo possível transmitir a realidade do nosso quotidiano. BF – Em Angola já se vive da arte de pintar? – Apesar da situação económica do país não ser das melhores porque causa da crise que Angola atravessa considero que sim já se vive pintura eu sou exemplo disso. O artista angolano natural de M’Banza Congo é padrinho do projecto para crianças EBARTES já realizou duas exposições individuas em Angola destaque para a primeira, com o título “Só bumba”, 1º paragem Lisboa é titulo de uma exposição de arte que lançou em parceria com Lino Damião. Nelo Teixeira como é conhecido tem uma das suas obras ilustrada na capa de um livro da galeria de estudos Africanos em Telavive, Israel e tem varias obras em exposição na África do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *