AngolaDestaque

Puna no enterro de Savimbi

O nacionalista e deputado do MPLA, Miguel Nzau Puna participou deste sexta-feira (31), nas exéquias fúnebres do fundador da UNITA, Jonas Malheiro Savimbi, que decorrem na localidade do Lopitanga, na província do Bié.

Antigo numero dois da guerrilha  da UNITA

Miguel Nzau Puna foi durante duas décadas o “numero dois” da UNITA exercendo as funções de secretário-geral. Em 1992, largou este partido no seguimento de desentendimentos,  quanto a  sua oposição  as execuções contra dois  dirigentes do partido,   Wilson dos Santos, Tito Chingunji, e suas respetivas famílias.

Mesmo desentendido passou a ser considerado por Savimbi, e este por sua vez proibia aos membros da UNITA de o destratarem  publicamente. Puna, é considerado o melhor que o falecido lider do Galo Negro teve em vida apesar do desentendimento que tiveram ao regressarem das matas.

No inicio da década de 90, fundou a Tendência de Reflexão Democrática (TRD), que nela faziam parte outros dissidentes como Tony da Costa Fernandes e Paulo Tjipilika. Fez depois parte do governo de unidade e reconciliação (GURN), para mais tarde ser nomeado embaixador de Angola no Canadá. Em 2008, foi cooptado pelo MPLA para integrar nas suas fileiras, tornando-se, até aos dias de hoje deputado a Assembleia  Nacional.

Há conhecimento que tem tido adaptar-se como militante do partido no poder, razão pela qual, em 2012, passou a regressar ao convício dos seus amigos da UNITA. Os seus contactos mais visíveis dentro da UNITA são com os co-fundadores deste partido, Samuel Chiwale e Ernesto Mulato. Também tem recebido em casa a visita dos filhos de Jonas Savimbi.

Dentro da UNITA há o sentimento de que o mesmo continua a ter feição por este partido. Tal manifestação, conforme fontes do Club-K,  começou a ser sentida anos atrás quando participou no funeral de um Coronel da logística das FALA, Arão Nguzengue que fora seu subordinado na Jamba. Na altura do elogio fúnebre, o deputado Nzau Puna destacou, na sua alocução, a bravura do antigo soldado usando terminologias que davam a impressão de que teria se esquecido que naquele exacto momento ele fazia parte do “inimigo” ao qual citava no discurso.

Fonte: Club-k.net

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button