Dezenas de cadeias em obras estão paralisadas

As obras de construção de dezenas de estabelecimentos prisionais no país encontram-se paralisadas, devido à crise económica, disse ontem, em Luanda, o secretário de Estado do Interior para o Serviço Penitenciário.

José Bamoquina Zau afirmou que a conclusão das obras das novas cadeias permitirá descongestionar os estabelecimentos prisionais que, neste momento, registam superlotação, bem como melhorar a qualidade de vida dos reclusos e condições de trabalho para os funcionários.

Durante o acto que marcou o 40º aniversário do Serviço Penitenciário, José Bamoquina Zau disse que a superlotação dos estabelecimentos prisionais no país tem obrigado a uma transferência constante de reclusos para outras unidades.

Fonte: JA/LD

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *