Economia

Governo cria “task force” para fomentar agricultura na província

Luena - Um projecto denominado "Task force", para ajudar 15 produtores habilitados a ter acesso ao crédito no âmbito do Programa de Apoio ao Crédito (PAC), foi criado no princípio deste ano pelo governo do Moxico, para viabilizar projectos a nível da província.

Segundo o director do Gabinete Provincial de Desenvolvimento Económico e Integrado, Guimarães Pinto Luís, que falava hoje à imprensa, o Task force integra o Gabinete de Desenvolvimento Económico e Integrado, a Inspecção Geral do Trabalho (IGT), Instituto Nacional de Apoio a Micro, Pequenas e Médias Empresas (INAPEM), Delegação das Finanças e da Justiça.

Explicou que o “Task force”, auxilia na tramitação documental ou legalização, envio de documentos aos bancos para o financiando, e posterior monitoramento dos resultados de produção e venda dos produtos.

Referiu que a cerca sanitária que a província cumpre em obediência ao Estado de Emergência decretado no país impossibilitou a vinda de uma equipa de consultores do Ministério do Comércio, que iria ajudar os 15 produtores a elaborar os projectos.

Guimarães Pinto Luís disse que os processos dos produtores seleccionados no PAC já se encontram nas dependências bancárias, faltando apenas a cedência do crédito no valor de 50 milhões de kwanzas para cada requerente.

Informou que outros mil produtores da província mostraram-se interessados em aderir ao PAC, mas a falta de uma contabilidade organizada, títulos de concessão de terra, estudos de viabilidade económica e financeira dos projectos, impossibilitaram a sua aprovação.

O director do gabinete provincial de Desenvolvimento Económico e Integrado anunciou, por outro lado, que o Banco BAI e Banco BIC apresentaram um pacote atractivo para cedência de crédito ao sector agrícola no Moxico.

No Moxico, o PAC será financiado pelo  BAI, BIC, BCI, BNI,BFA e Millenium.

O PAC é uma iniciativa que visa facilitar o acesso ao crédito aos produtores que se queiram dedicar à produção de 54 bens seleccionados pelo Governo, para reduzir de forma drástica as importações.

Tags
Mostrar Mais

Bernardo Seculo

Jovem Empreendedor , Sonhador , Estudante Do Curso de Técnico De Informática, Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button