Economia

Ministro aconselha empresas a recorrer ao pacote de alívio económico

Benguela - O ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu, aconselhou, nesta segunda-feira, as empresas do sector a utilizarem as “ferramentas” criadas pelo Executivo para atenuar os efeitos provocados pela pandemia da covid-19.

Segundo o titular dos Transportes, que trabalhou em Benguela, o governo angolano aprovou recentemente medidas de alívio do impacto económico, com um pacote financeiro de 488 mil milhões de kwanzas para apoio às micro, pequenas e médias empresas do sector produtivo e não só.

“Essas medidas vão ajudar as empresas a pagar salários e evitar despedimentos”, realçou. Ricardo D’Abreu reconheceu que o sector dos transportes é dos mais prejudicados pela covid-19, devido ao facto de as restrições na mobilidade inter-provincial colocarem em causa o normal funcionamento das mesmas.

“Pensamos tratar-se de um ciclo menos bom que estamos a passar, mas vai-se recuperar”, frisou.

Questionado sobre as perspectivas do sector para o período pós-covid-19, disse ser ainda muito cedo para se traçar algum prognóstico, aliás, pelo que se tem visto e estudado, o processo de recuperação será progressivo e não automático.

“A reposição da normalidade vai ser progressiva, por isso temos que ter cautelas em qualquer outro cenário, para avançar perspectivas na era pós covid-19”, indicou.

Quanto a eventualidade de prováveis prejuízos no ramo, o ministro disse que o momento actual não representa alguma particularidade ou exclusividade da área que dirige.

“Estamos a ver os aviões em terra, as frotas de autocarros imobilizadas, mas, o certo é que todos os sectores de actividades estão sendo afectados”, admitiu, enfatizando ser mais visível ver os aviões no chão e as frotas de autocarros estacionadas.

Indicou ainda que as previsões de crescimento da economia global são hoje mais pessimistas e vão no sentido da contracção da economia mundial, bastando ver, a título de exemplo, as cotações do preço do barril do petróleo.

Ricardo D’Abreu trabalhou esta segunda-feira na cidade de Benguela, onde fez a apresentação formal do novo do conselho de administração do Porto do Lobito, encabeço por Celso Rosa, às autoridades locais, seguido de acto semelhante aos trabalhadores da empresa portuária.

Celso Rosa e sua equipa de trabalho foram nomeados recentemente por Decreto Presidencial.

O acto formal de apresentação às autoridades locais teve lugar nas instalações do Aeroporto da Catumbela, seguida da sessão pública com os trabalhadores na cidade do Lobito.

Tags
Mostrar Mais

Bernardo Seculo

Jovem Empreendedor , Sonhador , Estudante Do Curso de Técnico De Informática, Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button