Entretenimento

Artistas angolanos que continuam a fazer sucesso após sairem dos grupos musicais

Por: Iraneth da Cruz

Desde a infância, adolescência e juventude sempre acabamos por nós tornar fãs de alguns grupos musicais ou dupla de cantores, que com o passar dos anos, decidem seguir carreira solo ou simplesmente abandonam o barco e focam-se em outros objectivos. Nesta senda, o Platinaline decidiu fazê-lo recordar alguns grupos de bastante sucesso, cujo os seus integrantes continuam no auge da carreira.

Nagrelha

Um dos músicos mais emblemático de Angola, fez parte de um dos melhores grupos do estilo Kuduro do país que na altura era constituído por Puto Amizade, Bruno King e o próprio. Após o falecimento de Amizade, o Estado Maior do Kuduro e Bruno King tornaram-se uma dupla e fizeram bastante sucesso, mas por ironia do destino, infelizmente, a dupla desfez-se e cada um segue carreira solo, mas Nagrelha continua a fazer sucesso até os dias de hoje.

Patrícia Faria

Falar desta mulher que vive entre o jornalismo e a advocacia, é fazer uma viagem nos mais de trinta anos de trajectória do grupo musical As Gingas do Maculusso, mas que deixou o conjunto para seguir a carreira solo, e no ano de 2003 lançou o seu primeiro disco “ Emé Kia”, com o repertório basicamente de sembas e também com ritmos de kizomba e soul. Patrícia Faria tem se apresentado em diversos espectáculos com destaque para o Duetos N´Avenida, onde partilhou o palco com o também cantor Puto Português.

Preto Show

Ex-integrante do grupo “The Groove”, que na altura era formado pelo quarteto Fábio Dance, Midz, Hélio Baiano e Preto Show sendo este último detentor de alguns prémios por conta dos vários hits de sucesso disponíveis nas plataformas digitais, tocados na pistas de danças e apreciado pelo povo angolano, moçambicano, português bem como de outras cidades. Actualmente Preto Show é agenciado pela produtora Clé gerida pelos gémeos Clénio e Clésio.

Yola Araújo

Tem feito bastante sucesso, mas antes da carreira solo Yola Fazia parte das Melomanias com Margareth do Rosário e Djamila D’Elves, Nazarina Semedo. O grupo que também conquistou os corações dos angolanos nos anos 90 com os seus sucessos, hoje individualmente continuam a cantar, mas Yola Araújo continua no auge da sua carreira.

PlatinaLine

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button