C4 Pedro não é o primeiro angolano nos MTV EMA, os O2 e Anselmo já la estiveram

O músico e compositor angolano C4 Pedro continua a dar passos firmes a consolidação da sua carreira a nível internacional, e como prova, foi indicado para a categoria “Melhor Artista Africano” nos prémios ‘MTV Europe Music Awards 2017’, ao lado de nomes de peso da música africana. Com isso, o AngoRussia noticiou nesta quarta-feira (5), que o artista é o primeiro angolano a representar a lusofonia nos MTV EMA mas na verdade nao é, recuou-se no tempo mas exactamente há 12 anos, o grupo de sucesso angolano O2 foram os primeiros a estrearem-se nos troféus, no ano a seguir Anselmo Ralph nome que dispensa apresentações também foi indicado.

 grupo O2 Angola 1

Os O2 um dos primeiros grupos angolanos de maior sucesso nos finais da década de 90 e 2000, hoje extintos, foram também os pioneiros a representar Angola e a lusofonia na então estreia da categoria  ‘Best African ACT’  em 2005 nos ‘MTV Europe Music Awards.

Na altura Walter Ananás, João Paulo, Henda Pitra, ex-membros dos N’Sex Love, e Ngunza José, competiram com os artistas  Kleptomaniax (Kenya), Kaysha (DRC), Zamajobe (South Africa) e 2-Face Idibia (Nigeria).

Seguiu-se Anselmo Ralph um nome incontornável da musica angolana, na categoria ‘African Best Musicians’ do MTV Music Awards 2006.

Pouco mais de 12 anos depois, o nome da lusofonia e em particular de Angola  voltou a estar em destaque ao lado de outras estrelas da actualidade da música africana como os músicos nigerianos Davido e WizKid, os Sul-africanos Nasty C e Babes Wodumo e o queniano Nyashinski, mas desta vez por causa de C4 Pedro um dos nomes mais sonantes da música nacional da actualidade, vencendor de vários prémios a nível nacional e internacional.

A gala de entrega de prémios da edição 2017 dos ‘MTV EMA’  terá lugar no dia 12 de Novembro, em The SSE Arena em Wembley, Reino Unido.

Para votar em C4 Pedro e ajudá-lo a trazer o premio a Angola vote aqui: http://www.mtvema.com/en-africa/vote#best-african-act

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *