DestaqueEntretenimento

Coréon Dú vende roupas em Nova Iorque (EUA)

O músico e designer Coréon Dú, filho do ex-Presidente José Eduardo dos Santos, considera que o mercado da moda angolana tem “muito talento e criatividade”, apesar dos obstáculos de crescimento que enfrenta.

EUA: Coréon Dú vende roupas em Nova Iorque
EUA: Coréon Dú vende roupas em Nova Iorque

Criador da marca de roupa WeDú by Coréon, que recentemente ficou disponível numa loja multimarcas em Nova Iorque, o artista referiu, em entrevista à Lusa, que é difícil fazer uma avaliação de toda a indústria da moda em Angola, considerando que é “bastante complexa e tem nuances muito específicas” no contexto do país e do continente africano.

PUBNo entanto, sublinhou, “ainda existe algum défice no que diz respeito às oportunidades de um real crescimento profissional e económico dentro da indústria da moda, que requerem um esforço multidisciplinar e a longo prazo”.

As vendas da WeDú by Coréon concentram-se no retalho em Angola, e além da incursão em Nova Iorque, o designer teve no ano passado a oportunidade de apresentar peças da coleção numa iniciativa integrada no Art Basel Miami.

“A indústria da moda para qualquer novo criador ou marca é um desafio a longo prazo que requer muita paciência, foco e alguma sorte”, afirmou o criativo. “Sinto-me desde já lisonjeado pelo apoio que a marca ganhou dos nossos consumidores e também de criativos do mundo editorial em varias partes do mundo”.

Coréon Dú, que cresceu em Washington D.C. mas regressou a Angola em 2006, tem voltado aos Estados Unidos com frequência para vários projetos profissionais, em especial o trabalho como agente de modelos para a sua agência Da Banda Model Management.

“Era um projeto muito pequeno quando comecei e com objetivo principal de dar maior visibilidade e oportunidades a modelos africanas, especialmente dos PALOP [paísea africanos de língua oficial portuguesa]”, afirmou, explicando que o facto de pertencerem a uma minoria linguística no continente africano condiciona o acesso de profissionais ao mercado regional e internacional.

“A Da Banda tem crescido de forma orgânica e sinto-me feliz que em grandes mercados o nosso trabalho vai sendo reconhecido, pois ainda continuamos baseados entre Angola e Portugal como empresa”, comentou.

Outra faceta do seu trabalho criativo, a música, “tem alguma atenção na América do Norte, especialmente nos EUA e México”. Coréon Dú lançou o álbum The Love Experiment em 2018 e continua a promover esse trabalho, apesar de se poder envolver noutros.

“Caso surjam oportunidades dentro da indústria criativa em LA, deixo sempre a mente aberta para novos desafios”, realçou.

O artista afirmou ainda que “há sempre novidades surpreendentes” no panorama musical em Angola, do qual se assume fã.

“Cresci nos Estados Unidos e sempre tive uma vida bastante multicultural”, acrescentou. “Graças ao contacto constante com a comunidade angolana nos EUA tive o privilégio de manter algum contacto com a cultura do meu país de origem e com a língua portuguesa, que nem todas crianças e jovens conseguem manter”.

Fonte: Sábado

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button