Dog Murras explica as razões da ausência

Dog Murras foi convidado para cantar num dos eventos mais aguardados da música angolana, mas não compareceu.

Devia ter actuado no sábado, dia 11, no Show da Dipanda 2017, cujo palco seria o Centro de Conferência de Belas (CCB), mas não se fez presente naquele que seria o regresso nestas lides de Riquinho, da Casa Blanca. Em nota, Dog Murras esclareceu o seguinte: “Infelizmente, por razões alheias à minha vontade não estarei presente nesse Show da Dipanda para partilhar o palco com alguns dos grandes nomes da raiz cultural da nossa terra. Ao Riquinho, desejo força e deixo o meu conselho para se organizar melhor, ler os sinais do tempo e entender que a época de trabalhar a “Lumbwendangue” já era. É tempo de se estruturar, programar os seus eventos a médio e longo prazos e, sobretudo, valorizar o público fiel e dar-lhe a lebre que comprou e não gato. Espero que vocês curtam a festa da nossa maneira calejada.”
O artista ia subir ao palco para cantar ao lado de artistas como Bonga, Té Macedo, Ricardo Lemvo, Waldemar Bastos, Carlos Burity e Euclides da Lomba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *