Entretenimento

Filho de Bolsonaro suspeito de crimes

Uma investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) sobre Flávio Bolsonaro encontrou indícios de que o político e filho do Presidente do Brasil pode ter participado num esquema de desvio de recursos públicos, noticiou ontem a revista Veja.

Filho de Bolsonaro suspeito de crimes
Filho de Bolsonaro suspeito de crimes

Fotografia: Dr

Na última quarta-feira, a revista brasileira publicou parte de um relatório do MPRJ sobre um suposto esquema ilícito que teria sido criado no gabinete de Flávio Bolsonaro quando era deputado estadual do Rio de Janeiro.
O documento do MP cita indícios da prática de branqueamento de capitais com imóveis, informação que foi usada para justificar à Justiça o pedido de quebra do sigilo bancário e fiscal de 95 pessoas e empresas relacionadas a Flávio Bolsonaro.
De acordo com os investigadores, Flávio Bolsonaro terá investido 9,4 milhões de reais (2 milhões de euros) na compra de 19 salas e apartamentos na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, entre 2010 e 2017, e fez operações suspeitas de venda de imóveis que renderam lucros de 3 milhões de reais (670 mil euros) no período.
O MP suspeita que a suposta fraude pode ter ocorrido para “simular ganhos de capital fictícios” que encobririam “o enriquecimento ilícito decorrente dos desvios de recursos” praticado por Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).
Se confirmados, os desvios teriam sido efectivados pela prática ilícita o que no Brasil chamam de “rachadinha”, ou seja, o desvio de parte do salário pago pelo Estado a assessores e funcionários de gabinete para os políticos que os contratam.

JA

Tags
Mostrar Mais

Ernesto

Escritor e Editor de Noticias no site Angola Nossa.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button