Dois mil euros para quem decifrar o que está escrito nesta pedra

© TVI24 Foto: Le TélégrammeA vila de Plougastel-Daoulas, em França, está a oferecer dois mil euros a quem conseguir decifrar o que está escrito numa pedra balnear da localidade. Numa zona apenas acessível quando está maré baixa, a rocha apresenta várias inscrições daquilo que parece ser latim, embora também contenha algumas letras típicas do alfabeto escandinavo.

Várias teorias têm surgido acerca da mensagem, com muitas pessoas a sugerirem que as letras serão da antiga língua bretã ou até basca, mas a verdade é que ainda ninguém foi capaz de perceber realmente o que está exposto naqueles caracteres.

Outros sugerem que a mensagem estará relacionada com a construção de devesas navais, uma vez que França e Inglaterra se encontravam em guerra na altura.

Até agora, foi possível identificar duas datas – 1786 e 1787 – o que remete para poucos anos antes da Revolução Francesa (1789). É ainda possível ver a imagem de um barco à vela e um leme, além de um coração com uma cruz em cima.

O autarca de Plougastel, Dominique Cap, contou à BBC que resolveu lançar a competição, chamada de “Mistério de Champollion em Plougastel-Daoulas” em homenagem ao linguista francês Jean-François Champollion, para procurar alguém que possa saber o suficiente para ajudar a decifrar a pedra.

Já questionámos historiadores e arqueólogos, mas ainda ninguém foi capaz de descobrir a história por detrás da rocha”, disse Dominique Cap.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *