Internacional

FAA revela: 300 aviões Boeing 737 com peças inadequadas

Mais de 300 modelos de aeronaves 737 NG e 737 MAX têm peças “fabricadas de maneira inapropriada”, revela a Administração Federal de Aviação (FAA), entidade que regula o sector aeronáutico nos EUA.

FAA revela: 300 aviões Boeing 737 com peças inadequadas
FAA revela: 300 aviões Boeing 737 com peças inadequadas

Fotografia: DR

Uma das partes afectadas é o mecanismo da asa do avião que modifica as características de subida e resistência du-rante as descolagens e as aterragens, refere a FAA em comunicado.
De acordo com a FAA, a investigação determinou que há 32 Boeing NG e 33 Boeing Max afectados nos Estados Unidos. No total são “133 NG e 179 MAX” os aviões nesta situação em todo o mundo.
Em Outubro de 2018, um voo da companhia aérea Lion Air caiu 12 minutos após a descolagem na Indonésia, resultando na morte de 189 passageiros e tripulantes. Em Março deste ano, um voo da Ethiopian Airlines caiu seis mi-nutos após a descolagem, causando 157 mortes.

Actualização de software
A Boeing anunciou em meados de Maio que tinha concluído a actualização de software e finalizado os testes correspondentes, com 207 voos e mais de 360 horas no ar, em preparação para que as aeronaves possam operar de novo, e que estava a fornecer à FAA informação adicional requerida.
De acordo com a nota recente da FAA, “as partes afectadas podem ser susceptíveis a falhas ou rachas prematuras como resultado do processo de fabrico inadequado”.
“Embora uma falha completa do mecanismo da asa não resulte na perda da aeronave, corre-se o risco de que uma peça defeituosa cause danos ao avião durante o voo”, acrescentou.
A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) afirmou na segun-da-feira, em Seul, Coreia do Sul, que é necessário manter critérios unificados em questões regulatórias e aprovar resoluções que cubram aspectos ambientais.

Inspecção 

A necessidade de rever os processos de certificação para evitar discrepâncias, como as observadas depois dos aciden-tes de Outubro e de Março com aquele modelo da empresa americana Bo-eing, tem sido um tema recorrente durante a 75ª Assembleia Geral da IATA, realizada este ano em Seul, Coreia do Sul.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button