Internacional

Milhares de presos recebem perdão real

Entre 30 mil e 50 mil presos serão libertados e outros terão as sentenças reduzidas na Tailândia devido ao indulto real concedido pelo monarca tailandês, Vajiralongkorn, por ocasião do aniversário da sua coroação, no sábado passado.

Fotografia: DR

A informação foi anunciada ontem num comunicado do Serviço Prisional tailandês.
A nota referiu que ontem foram libertados os primeiros prisioneiros, incluindo um jovem que foi condenado em 2017 a dois anos e seis meses de prisão por lesa-majestade.
Jatupat Boonpattaraksa, conhecido como Pai Dao Din, foi a primeira pessoa condenada no reinado de Vajiralongkorn por lesa-majestade, uma lei que prevê uma pena de até 15 anos de prisão para aqueles que criticam a família real.Numa mensagem publicada no Facebook após a sua libertação, de uma prisão na província de Khon Kaen, no nordeste do país, Jatupat disse que estava “animado”, prometendo “lutar com amor” pela democracia e pela liberdade. O jovem foi preso por compartilhar nas redes sociais um perfil crítico do monarca, que foi publicado no site da BBC.
Durante a prisão, Jatupat foi galardoado com o prestigioso prémio Gwangju dos direitos humanos, concedida pela Coreia do Sul.
“Agora, vou primeiro parar de compartilhar as notícias e, no futuro, veremos”, disse o jovem.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button