DesportoInternacional

MODELO QUE ACUSA NEYMAR CONTA A SUA VERSÃO EM ENTREVISTA

MODELO QUE ACUSA NEYMAR CONTA A SUA VERSÃO EM ENTREVISTA
MODELO QUE ACUSA NEYMAR CONTA A SUA VERSÃO EM ENTREVISTA

A modelo que acusa Neymar de violação contou a um canal brasileiro o que aconteceu nessa noite. Najila Trindade Mendes de Souza deu uma entrevista ao canal SBT Brasil e contou tudo desde o início, começando no momento em que começou os contactos com o jogador, que conheceu através do Instagram.

«Mandei uma imagem, não era nude, era texto. E ele respondeu. Começámos a trocar mensagens. Depois de algum tempo, ele pediu o meu WhatsApp e eu passei», contou, reconhecendo que a intenção, desde o início, era ter uma relação íntima com o jogador.

A modelo viajou depois para Paris, em maio, viagem paga pelo jogador, como aliás já tinha ficado evidente nos excertos partilhados pelo próprio Neymar e entretanto apagados. «Ele pagou a viagem e as despesas, o hotel. O intuito era sexual, um desejo meu, isso ficou claro para ele. Ele perguntou quando eu poderia ir, eu disse que não podia por questões financeiras e ele disse que ia resolver isso. Viajei com a expectativa de estar com ele, de me encontrar com ele e realizar um desejo meu», continuou.

Najila relatou depois como foi o encontro com o avançado do PSG e como ele se mostrou agressivo. «Ele estava agressivo, totalmente diferente do que conheci nas mensagens. Até aí, tudo bem. Como tinha muita vontade de estar com ele (…) começámos a trocar carícias, a beijarmo-nos. Depois ele despiu-me, até aí foi consensual, tudo bem. A seguir ele começou a bater-me e a magoar-me muito», explicou.

A modelo explica depois que perguntou ao jogador se tinha preservativos e apesar da resposta negativa Neymar continuou, aí já contra sua vontade. «Foi tudo muito rápido. (…) Ele não comunicava muito, só agia (…) Segurou-me violentamente, batendo-me, obrigando-me a ficar lá.[Depois] não consegui falar, gritar, chorar, nada. Fiquei em estado de choque. Depois, ele levantou-se, foi à casa de banho, quando entrou por uma porta, eu saí pela outra. Fui vítima de uma agressão e de violação», recordou.

Eis a entrevista à SBT.

Abola

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button