Internacional

Países do sul da Europa pedem uma divisão justa de imigrantes

Os líderes dos países do sul da Europa defenderam sexta-feira, em La Valeta, uma distribuição justa dos imigrantes que chegam pelo Mediterrâneo, num momento em que a Itália se recusa a receber um navio com emigrantes resgatados no mar.

Países do sul da Europa pedem uma divisão justa de imigrantes
Países do sul da Europa pedem uma divisão justa de imigrantes

países do sul da europa querem equilíbrio na integração dos imigrantes
Fotografia: DR

Os líderes do Chipre, França, Grécia, Itália, Malta, Portugal e Espanha declararam que a União Europeia deve “garantir a aplicação efectiva do princípio de solidariedade e divisão justa da carga entre os Estados membros” da União Europeia.
O grupo aprovou ainda o princípio de um salário mínimo e uma protecção social básica em cada país europeu, assim como um orçamento de intervenção para a Zona do Euro. O Presidente francês, Emmanuel Macron, acolheu com satisfação o acordo sobre o orçamento da Zona do Euro obtido no dia anterior entre os ministros das Finanças europeus, mas destacou que o valor é inferior ao desejado por Paris.
As sete nações que se reuniram em Malta na sexta-feira representam cerca de 40 por cento da população e do produto interno bruto da União Europeia e metade da sua costa, segundo Malta.

JA

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button