Refugiado de 8 anos é campeão de xadrez em Nova Iorque. E era sem-abrigo

Tani venceu um campeonato infantil um ano depois de ter começado a jogar, numa escola de Nova Iorque. Família, oriunda da Nigéria, vivia num centro para sem-abrigo e, agora, uma angariação de fundos permitiu-lhes encontrar casa. Até Bill Clinton reagiu à notícia.

Tani venceu um campeonato infantil um ano depois de ter começado a jogar, numa escola de Nova Iorque. Família, oriunda da Nigéria, vivia num centro para sem-abrigo e, agora, uma angariação de fundos permitiu-lhes encontrar casa. Até Bill Clinton reagiu à notícia.: Refugiado de 8 anos é campeão de xadrez em Nova Iorque. E era sem-abrigo© Reprodução Refugiado de 8 anos é campeão de xadrez em Nova Iorque. E era sem-abrigo

Tanitoluwa Adewumi é um campeão de xadrez norte-americano com oito anos de idade. O menino é, também, um refugiado proveniente da Nigéria, de onde fugiu com a família para escapar ao Boko Haram.

Tanitoluwa venceu um campeonato de xadrez em Nova Iorque e, ao ser noticiado o feito, soube-se também que este vive há dois anos num centro de acolhimento para pessoas sem-abrigo, com a família.

Um professor da escola onde Tanitoluwa estuda elogiou o intelecto e aptitude do menino, explicando que “passou de alguém que não jogava ao melhor jogador num ano” e que “isso é inédito”. “Tudo isto enquanto vive num centro para sem-abrigo”, acrescentou, citado pela BBC.

A vitória de Tani foi até celebrada por Bill Clinton, ex-presidente dos Estados Unidos, nas redes sociais.

“’Os refugiados enriquecem a nossa nação e o talento é universal, mesmo que a oportunidade não seja’. Esta história pôs-me um sorriso nos lábios. Tanitoluwa, tu és o exemplo de um espírito vencedor – no xadrez e na vida. E parabéns aos teus esforçados pais. Deveriam todos passar no meu escritório em Harlem; adorava conhecer-vos”, escreveu o antigo governante.

Entretanto, foi criada uma conta numa plataforma de angariação de fundos coletiva e conseguiu-se angariar 180 mil dólares. Esse dinheiro permitirá que o menino e a sua família possam sair do centro de acolhimento para um apartamento.

“Eu quero ser o maior ‘grão-mestre’ do mundo. E ultrapassar o recorde do campeão mundial”, indicou o menino. Grão-mestre (GM) é um dos títulos concecidos pela Federação Internacional de Xadrez a alguns jogadores profissionais.

“Tudo é possível. Deus pode fazer tudo por mim. Deus pode fazer tudo pela minha família”, indicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *