AngolaNotícias

Jean-Claude em liberdade

As autoridades angolanas estão em vias de anunciar a liberdade preventiva de Jean-Claude Bastos de Morais, nos termos de um acordo em que tanto o empresário como o Estado angolano comprometem-se em não mais fazer recurso aos tribunais ingleses para acusações mutuas. Inicialmente estava previsto que Bastos de Morais sairia já,  nesta sexta-feira, 22.

Fonte: Club-k.net

Luanda assim decidiu  depois ter perdido a batalha judicial em Londres, num processo contra Jean Claude de Morais em que se previa recuperar 3 bilhões de dólares americanos do Fundo Soberano de Angola que se encontravam sob gestão da sua empresa Quantum Global.

Nos termos dos acordos, Jean-Claude Bastos de Morais devolve os 3 bilhões de dólares aplicados em Londres, fica com uma certa percentagem dos valores que foram aplicados. Por outro lado, as duas partes comprometem-se em não mais processarem judicialmente entre si. Está decisão das autoridades angolanas foi encorajada com as derrotas das batalhas jurídicas que tiveram na divisão comercial do Tribunal Superior de Justiça de Inglaterra e País de Gales.

Luanda viu-se sem saída depois de terem apenas tomado conhecimento no alcance do contrato entre o Fundo Soberano e a Quantum Global de Jean Claude de Morais, quando este recorreu da primeira sentença em Londres, tendo o juiz dado provimento e censurado o governo de Angola.

De acordo com esclarecimentos, os advogados do empresário suíço angolano terão mesmo exibido uma adenda que não constava do espólio que o actual PCA do Fundo Soberano, Carlos Alberto recebeu das mãos do seu antecessor José Filomeno dos Santos “Zenú”.

Club-K

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button