AngolaNotícias

LS Republicano manifesta solidariedade para com as vítimas do incidente de Benguela

Em entrevista à Angop sobre o incidente de Benguela, Nino Republicano, responsável da empresa promotora, adiantou que às famílias das vítimas mortais e aos feridos internados no hospital provincial de Benguela foi entregue apoio financeiro, sem revelar os valores, urnas e moral para acudir a determinadas situações.

“Apesar de o incidente ter ocorrido quase uma hora depois do fim da nossa actividade, a LS Republicano sentiu-se na necessidade de dar o seu apoio, tendo em conta o facto de ter sido a responsável pelo evento e, desta forma, pela ida do público ao local”, disse.

Nino Republicano afirmou que o incidente ocorreu uma hora depois do fim do show, que terminou por volta da meia-noite, ficando sem saber o que aconteceu exactamente após o encerramento do evento.

“Fomos surpreendidos com as informações de que tinha ocorrido um incidente e que terminou com a morte de alguns espectadores já depois de termos encerrado às portas do estádio. Tínhamos no local cerca de 11 mil espectadores, um pouco de cerca de 80 por cento de da lotação da casa”, reafirmou o responsável da promotora.

O responsável informou terem sido criadas todas as condições técnicas e de segurança para o evento, agradecendo, desta forma, a Polícia Nacional que disponibilizou cerca de 400 efectivos da Ordem Pública, Bombeiros e outros serviços.

Nino Republicano garantiu que em cerca de 8 horas de actividade não houve qualquer ocorrência com os espectadores dentro do recinto, fruto do controlo de fiscalização da polícia e da equipa da empresa de segurança privada colocada no local.

“Antes do espectáculo trabalhamos com o governo provincial de Benguela e com a polícia, que fez a vistoria do local para aferir as condições de segurança dos espectadores. A segurança do público tem sido a grande prioridade da LS Republicano, razão pela qual se recorreu às autoridades polícias para garantir a ordem e tranquilidade”, reforçou.

O que aconteceu em Benguela, segundo Nino Republicano, servirá de motivo de reflexão para os eventos futuros, levando os responsáveis da promotora a um maior cuidado para com às actividades que ocorrerem no perímetro dos seus eventos.

O responsável adiantou que espera pelo resultado do inquérito para saber o que falhou, onde falhou e desta forma melhor se precaver as futuras situações.  “Levar diversão, mas com segurança, a todos os angolanos tem sido a divisa da LS Republicano, razão pela qual temos primado pela execução das nossas actividades com a maior segurança possível”, asseverou.

Recorda-se que  do incidente resultou na morte de 8 pessoas e mais de 40 feridos.

Tags
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button